BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Rússia 2018: Pickford é o destaque nos pênaltis, a Inglaterra elimina Colômbia e pega Suécia nas quartas

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Moscou, RUS, 3 de julho de 2018

Não foi um grande jogo tecnicamente falando. Mas o empate por 1 a 1 no tempo normal entre Colômbia e Inglaterra, nesta terça-feira (3/7), no Estádio Spartak, em Moscou, pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia acabou sendo merecido. Em que pese o gol feito pelo zagueiro Mina, ex-Palmeiras e atualmente no Barcelona, tenho acontecido somente aos 47 minutos do segundo tempo. Depois, a igualdade em 0 a 0 na prorrogação acabou agradando as duas seleções. E, nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Pickford, que atua no Everton, da Inglaterra. Ele viu a cobrança de Uribe explodir na trave, e depois defendeu o chute de Bacca. Pior para Ospina, que buscou apenas a penalidade de Henderson, e os ingleses venceram por 4 a 3.

Com a vitória nas penalidades máximas, a Inglaterra está classificada para as quartas de final. O adversário será a Suécia, que eliminou a Suíça na vitória por 1 a 0. O confronto entre ingleses e suecos acontece no sábado (7/7), às 11 horas (de Brasília), em Samara.

A Inglaterra teve superioridade no primeiro tempo, quando a Colômbia, sem contar com James Rodrígues, machucado, optou em jogar com três volantes e praticamente não existiu no setor ofensivo. Logo aos cinco minutos, Henderson, cobrando falta, exigiu boa defesa de Ospina. Depois, aos 15, em cruzamento de Trippier, o artilheiro Kane cabeceou para fora.

Aos 41, em cobrança de falta de Trippier, a Inglaterra quase marca. Já a Colômbia só foi assustar aos 46 minutos, quando Quintero, de fora da área, fez Pickford trabalhar.

No segundo tempo, a Inglaterra abriu o placar em pênalti maroto marcado pelo péssimo árbitro americano Mark Geiger. Em cobrança de escanteio, Kane agarrou primeiro Carlos Sanchez, depois pulou na frente e foi agarrado. Mas o juizão viu só a segunda jogada e colocou a bola na marca da cal. Kane cobrou, aos 11 minutos, e fez 1 a 0. Foi o seu sexto gol no Mundial, onde lidera a artilharia.

Com a vantagem, a Inglaterra recuou e chegou até a fazer muita cera para deixar o tempo passar e jogar pelo resultado. A Colômbia foi ao ataque e, na melhor jogada, aos 35 minutos, Quadrado perdeu ótima oportunidade para deixar tudo igual. Mas, aos 47 minutos, em cobrança de escanteio, o zagueiro Mina foi lá no quinto andar, testou, a bola quicou no chão e foi morrer no fundo da rede: 1 a 1.

Na prorrogação, as duas equipes, já sem tanto fôlego, pouco criaram. E o jogo foi para os pênaltis, o que aparentemente todo mundo aprovou. Nas cobranças deu Inglaterra: 4 a 3.

FICHA TÉCNICA

COLÔMBIA (3) 1 x 1 (4) INGLATERRA

Local: Estádio Spartak, em Moscou
Árbitro: Mark Geiger (Estados Unidos)
Cartões amarelos: Barrios, Arias, Falcão, Carlos Sanchez e Bacca (COL) e Lingard e Henderson (ING)
Gols: Kane, cobrando pênalti, aos 11; e Mina, aos 47 minutos do segundo tempo
Pênaltis: Falcao, Cuadrado e Muriel converteram para a Colômbia. Uribe e Bacca erraram
Kane, Rashford, Trippier e Dier converteram para Inglaterra. Henderson errou

COLÔMBIA
Ospina; Arias (Zapata), Mina, Sanchez e Mojica; Barrios, Carlos Sanchez (Uribe) e Lerma (Bacca); Cuadrado, Quintero (Muriel) e Falcao
Técnico: José Pékerman

INGLATERRA
Pickford; Walker (Rashford), Stones e Maguire; Trippier, Dele Alli (Dier), Henderson, Lingard e Young (Rose); Sterling (Vardy) e Kane
Técnico: Gareth Southgate

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_