BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil: Vasco luta muito, vence o Bahia em São Januário, mas está fora das quartas de final

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 16 de julho de 2018

O Vasco lutou muito, mas não conseguiu a sonhada virada histórica. Depois de perder por 3 a 0 na Arena Fonte Nova, em Salvador, antes da paralisação para a Copa do Mundo, no jogo de ida das oitavas de final, o Gigante da Colina venceu o Bahia por 2 a 0, gols de Yago Pikachu e Andrey, nesta segunda-feira (16/7), em São Januário, mas foi o Tricolor de Aço que ficou com a vaga nas quartas de final.

Agora, o Bahia encara o Palmeiras pelas quartas de final da Copa do Brasil. E na quinta-feira, às 19h30, na Arena Condá, o Tricolor baiano encara a Chapecoense, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já o Vasco disputará o clássico contra o Fluminense, também na quinta-feira, às 20 horas, no Maracanã.

O JOGO

Precisando vencer por pelo menos três gols de diferença, que levaria o duelo para os pênaltis, o Vasco tomou a iniciativa do jogo desde o primeiro minuto. Empurrado pela torcida, que compareceu em peso, o time de São januário criou boas oportunidades com Andres Ríos, aos 10 minutos, e Yago Pikachu, aos 12.

O jogo era truncado, até que aos 31 minutos do primeiro tempo, Ramon invadiu a área e foi desarmado pela defesa baiana. Ríos acreditou, ficou com a bola e fez belo corte em Nino Paraíba e desabou no chão. Os jogadores do Bahia reclamaram muito a marcação do pênalti, alegando que o vascaíno cavou e tapeou a arbitragem. Yago Pikachu foi para a bola e bateu com muita categoria, deslocando o goleiro Anderson e abrindo o placar: 1 a 0 para o Vasco.

No segundo tempo, o Bahia veio ainda mais fechado. O Vasco chegou bem em duas jogadas individuais: a primeira aos 7 minutos, quando Wagner bateu da entrada da área e a bola passou perto, e a segunda com Yago Pikachu, que só foi parado com falta. A pressão continuou e, aos 19, o Gigante da Colina chegou ao segundo gol. Pikachu cobrou falta na área e Andrey completou para o gol: 2 a 0 para o Vasco.

A torcida se empolgou e empurrou o time. Que teve duas boas oportunidades de marcar o terceiro, mas a bola insistiu em não entrar. Já nos acréscimos, Andrés Ríos e Léo foram expulsos pelo árbitro Rafael Traci.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 0 BAHIA

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rafael Traci – PR
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Público e Renda: 17.561 presentes / R$ 244.820,00
Cartões amarelos: Vinícius, Edigar Junio, Lucas Fonseca, Léo e Zé Rafael (BAH); Desábato e Ricardo Graça (VAS)
Cartões vermelhos: Andrés Ríos (VAS); Léo (BAH)
Gols: Yago Pikachu, aos 33 minutos do primeiro tempo. Andrey, aos 19 minutos do segundo tempo

VASCO
Martin Silva; Rafael Galhardo (Kelvin), Ricardo Graça, Breno e Ramon (Henrique); Desábato, Andrey, Wagner (Thiago Galhardo), Giovanni Augusto e Pikachu; Andrés Ríos
Técnico: Jorginho

BAHIA
Anderson; Nino Paraíba (Flávio), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton (Edson), Mena, Vinícius (Régis) e Zé Rafael; Edigar Junio
Técnico: Enderson Moreira

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Vasco

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_