BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Chapecoense envia camisas personalizadas para garotos e o treinador dos “Javalis Selvagens”

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Chapecó, SC, 26 de julho de 2018

Através da Prefeitura de Chapecó e do Itamaraty, a Associação Chapecoense de Futebol enviou, na última terça-feira (24/7), um presente especial para o time dos “Javalis Selvagens”, da Tailândia. Eles irão receber camisas da Chapecoense personalizadas com o seu nome, além de uma carta assinada pelo presidente Plinio David De Nes Filho.

Os 12 meninos – com idades entre 11 e 16 anos – e o seu treinador foram resgatados após ficarem presos por mais de duas semanas na Caverna inundada de Tham Luan, na Tailândia.

Pela força e resistência demonstradas ao terem sobrevivido por tantos dias sem água, comida e medicamentos, eles se tornaram um exemplo de superação.

Amistoso com Torino

A Chapecoense participará de novo amistoso internacional. Será contra o Torino, na província italiana de Turim. O jogo acontecerá no dia 1º de agosto, no Estádio Olímpico Grande Torino, e tem como principal objetivo firmar o laço entre as equipes. Além disso, o jogo faz parte da programação da equipe italiana para a apresentação do elenco que defenderá a equipe na temporada 2018/2019. Caso não haja um vencedor nos 90 minutos, o duelo será definido nos pênaltis, já que o time ganhador se sagrará campeão da “SportPesa Cup”.

A ideia do amistoso surgiu após um encontro entre o presidente Maninho e o representante maior do time italiano, Urbano Cairo, que ocorreu em Milão, ainda em 2017. Os clubes mantiveram contatos frequentes e, na última carta enviada a Cairo, Maninho reiterou que a partida se realizará “Pela união, pelo poder e pela amizade”.

A relação entre as duas equipes se estreitou desde o trágico acidente aéreo ocorrido com a equipe brasileira no final de 2016. Isso porque, em 1949, o Torino passou por situação semelhante: um acidente aéreo que vitimou 31 integrantes do clube e ficou conhecido como “Tragédia de Superga”. Por conta disso, o time italiano sempre demonstrou empatia e prestou solidariedade à Chapecoense, a fim de ajudar a equipe no processo de reconstrução.

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_