BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Mano Menezes destaca baixa eficiência do ataque do Cruzeiro em derrota para o São Paulo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 29 de julho de 2018

O técnico Mano Menezes destacou neste domingo, 29, após a derrota por 2 a 0 para o São Paulo no estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte (MG), que, a exemplo do jogo do meio de semana contra o Time de Parque São Jorge, sua equipe deixou o jogo se perder pelos detalhes. Com enredos parecidos, o Cruzeiro atuava melhor que os adversários, mas saiu de campo derrotado nas duas ocasiões. A Raposa ocupa a 8ª posição com 24 pontos.

“Perdemos um jogo que o adversário chutou duas bolas no nosso gol. Criamos oportunidades para não perder o jogo. Tivemos três ou quatro bolas passando na pequena área, em pé de jogadores que não costumam errar. Hoje a bola não entrou. Nem na penalidade máxima, que era um momento excepcional nosso no jogo. A pressão, com volume, com dificuldade na criação, mas na garra, com apoio da torcida. Era a hora de empatar e deixamos escapar”, analisou o técnico Mano Menezes.

Com o primeiro mata-mata do mês por vir, contra o Santos, pelas quartas de final da Copa do Brasil, Mano Menezes receita tranquilidade para que a equipe volte a vencer. O comandante da equipe mineira entende que o problema da equipe é coletivo e não individual. De acordo com ele, em um período curto de tempo o time deve voltar a ter um aproveitamento maior das chances criadas.

“Temos que ter tranquilidade, colocar as coisas no lugar. Se a equipe não estivesse criando, o problema seria na estruturação, na construção daquilo que se pensa em termos de tática para cada jogo. Mas está criando. Perdeu gols incríveis contra o Corinthians, hoje de novo, gol de penalidade máxima, mas não sou aqueles que acham que é tão simples assim. Quando essas coisas acontecem, elas têm explicações, provavelmente não são as que as pessoas querem ouvir, porque dirigem individualmente para esse ou aquele e futebol não é individual. É coletivo”, concluiu.

Na 8ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 24 pontos conquistados em 16 jogos realizados, o Cruzeiro encara neste domingo, 05, ás 16h, no estádio Manoel Barradas, o Barradão, em Salvador (BA), o Vitória, 14° colocado na competição nacional com 18 pontos ganhos. A partida é válida pela 17ª rodada. Os seis primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_