BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil: Chegada do técnico Luiz Felipe Scolari ao Palmeiras deixa Moisés animado para buscar títulos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 2 de agosto de 2018

A chegada do técnico Luiz Felipe Scolari ao Palmeiras animou Moisés. Um dos principais atletas do elenco atual, o camisa 10 espera aprender bastante com o novo comandante, que possui currículo recheado de títulos – foram cinco com o Verdão: Copa do Brasil de 1998 e 2012, Copa Mercosul de 1998, Copa Libertadores de 1999 e Torneio Rio-São Paulo de 2000, além da Copa do Mundo de 2002 com a Seleção Brasileira.

“É sempre importante ter um cara multicampeão ao seu lado. Trabalhar com treinador que foi campeão mundial e conquistou muitos títulos, além de ter histórico positivo fora do país, poucos treinadores conseguem isso, com certeza nos acrescentará muito. Ele tem muita experiência e pode ajudar cada um no particular e no conjunto também. Nós também esperamos ajudá-lo da melhor forma´´, declarou.

E foi com a Seleção, em 2002, que o termo “Família Scolari” se popularizou ao redor do mundo, justamente pelo bom ambiente interno criado pelo treinador durante a disputa da Copa daquele ano. Moisés, por sua vez, crê em  clima parecido dentro da Academia de Futebol.

“Entre nós (jogadores), já temos ambiente bom. Chegando um cara que, como dizem, é um paizão e gosta de criar ambiente familiar, a tendência é melhorarmos ainda mais. A expectativa é que ele encontre grupo legal e ambiente melhor ainda. Será uma família vencedora. Estou ansioso para trabalhar com um campeão mundial´´, afirmou.

Já sobre o trabalho implantado pelo auxiliar-técnico Paulo Turra durante esta semana, o atleta notou algumas novidades.

“Eles estão colocando a filosofia de trabalho deles e já há característica de jogo diferente. Eles gostam de centroavante e gostam de ter proteção no meio de campo, além de algumas situações táticas também. Nós temos de acatar tudo o mais rapidamente possível, sabemos que há pouco tempo de treinamento no Brasil. Temos de pegar tudo da forma mais rápida possível para conseguirmos os resultados´´, disse, projetando o confronto com o Bahia, nesta quinta-feira (2/8), às 19h15, em Salvador, no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

“Precisamos ter concentração alta, fazer o melhor nos dois jogos. Fazendo isso, a gente se aproxima da vitória e temos chance de passar pelo adversário. Temos de ter concentração, foco e saber que o jogo não acaba quinta-feira, mas que podemos dar um passo à frente. Sabemos da dificuldade que encontraremos contra o Bahia, é equipe rápida e de muita transição. Sabemos as características e pontos fortes deles, então temos de neutralizá-los´´, concluiu.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Palmeiras

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_