BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Sem Vecchio e David Braz, que podem ser negociados, Cuca monta Santos para jogar no Rio

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Santos, SP, 3 de agosto de 2018

Após perder para o Cruzeiro por 1 a 0, dentro da Vila Belmiro, no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o Santos muda o foco e tentar reagir no Campeonato Brasileiro. O próximo desafio será diante do Botafogo, neste sábado (4/8), às 16 horas, pela 17ª rodada, no Estádio Nilton Santos (Engenhão), no Rio.

As novidades do Peixe no time titular devem ser as estreias do volante Carlos Sánchez e do atacante Derlis Gonzales, relacionados pela primeira vez pelo técnico Cuca. Porém, as baixas são David Braz e Vecchio, que estão sendo negociados, e o zagueiro Lucas Veríssimo, com lesão muscular.

Na 17ª colocação, com 16 pontos e na zona do rebaixamento, apesar de ter um jogo a menos que os demais adversários, o Santos ainda não conseguiu vencer após a pausa da Copa do Mundo. Focado na recuperação, o atacante Rodrygo encara a partida contra o Botafogo como de extrema importância.

“Temos trabalhado muito e a recuperação está demorando demais para chegar. Esperamos que este jogo seja um novo começo, uma retomada para conquistarmos coisas grandes. Daremos a vida nessa partida para conseguir a vitória´´, disse Rodrygo.

O Santos leva a melhor diante do Botafogo no histórico do confronto. Em 107 jogos, o Peixe soma 42 vitórias, 28 empates e 37 derrotas, com 183 gols marcados e 154 sofridos. Pelo Brasileiro, o time de Vila Belmiro também leva vantagem somando 22 vitórias, 18 empates e 20 derrotas, com 81 gols a favor e 63 contra em 60 partidas.

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_