BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Felipão aprova o empate do Palmeiras diante do América-MG e quer mesclar as escalações

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 5 de agosto de 2018

O Palmeiras empatou em 0 a 0 com o América-MG, neste domingo (5/8), no Independência, em Belo Horizonte, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Jean ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti. Apesar de não conquistar a vitória, o técnico Luiz Felipe Scolari elogiou a postura da equipe diante do time mineiro.

“Não conseguimos o resultado que queríamos, mas taticamente gostei muito da equipe. Devido às circunstâncias do jogo quinta-feira (empate sem gols com o Bahia, em Salvador, no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil),  jogar no domingo, temos estudos que provam que grupo de trabalho sente. Se tivesse jogado quarta seria melhor. Tínhamos de fazer algumas mudanças, colocar uma equipe que fosse taticamente inteligente´´, declarou o comandante palmeirense, detalhando o trabalho realizado desde que assumiu o Palmeiras.

“Primeiramente, pegamos a parte da fisiologia, tiramos alguns que tinham déficit fisiológico, não poderíamos correr riscos. Depois, fomos montando a equipe baseado na equipe do Adilson. Precisamos utilizar Moisés e Bruno Henrique um pouco, precisava dar ritmo ao Borja. Tudo isso foi pensado e correu certo. Faltou o gol. Mas na sexta foi um pouco de conversa, sábado treino tático e agora é a evolução dia a dia do que eu gosto. E ver se a gente consegue atingir detalhes que contra o América-MG não conseguimos´´, falou.

Felipão, por sua vez, mostrou confiança com o futuro do Verdão durante a temporada.

“Podem esperar equipe bem organizada. Começaremos a ter algumas substituições futuras para determinadas situações que eu já aproveitei o jogo e vi. E seremos equipe aguerrida. Precisamos pensar em ganhar o jogo mesmo que seja no Paraguai, contra o Cerro, mesmo que esteja em primeiro no campeonato e seja excelente equipe. Acho que esse grupo pensa dessa forma, mas precisa de incentivo. Precisa que a gente coloque algumas coisas que eles possam pensar sobre como é bonito chegar à final da Libertadores. E dá. Pelo que a gente tem, dá. A estrutura do Palmeiras é muito boa. Acho que com mais uma semana de trabalho já teremos o parâmetro ideal da equipe´´, finalizou o treinador.

O Palmeiras volta a campo na quinta-feira (9), às 21h45, para enfrentar o Cerro Porteño, no Paraguai, pelas oitavas de final da Libertadores. Já no domingo (12), às 19 horas, será a vez de encarar o Vasco, no Allianz Parque, desta vez pelo Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: assessoria de imprensa do Palmeiras

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_