BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Sem técnica e com garra, São Paulo vence a Chapecoense e conquista o simbólico primeiro turno

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 19 de agosto de 2018

O São Paulo venceu a Chapecoense por 2 a 0, diante de mais de 41 mil torcedores no Morumbi, na noite deste domingo (19/8), finalizando o primeiro turno na liderança do Campeonato Brasileiro com três pontos de vantagem em relação ao segundo colocado, o Internacional. O técnico Diego Aguirre ainda aproveitou para poupar os jogadores mais desgastados pela viagem para Argentina, quinta-feira na disputa da Copa Sul-Americana.

Nenê, Hudson, Anderson Martins, Reinaldo e Rojas, por exemplo, ficaram no banco de reservas. Everton Felipe, Shaylon, Edimar e Bruno Alves ganharam chance no time titular. E deu certo! O futebol, verdade seja dito, não foi convincente. Mas não faltou garra!

Shaylon marcou no primeiro tempo, logo aos três minutos. Já com Rojas, Nenê e Hudson em campo, na etapa final, o atacante cruzou e o volante marcou o segundo gol.

Após o êxito, os jogadores elogiaram o bom ambiente no São Paulo e a confiança no elenco.

“Estamos vivendo um momento bom, mantendo a regularidade, estamos pontuando fora, fazendo dever de casa. É uma vitória importantíssima, agora temos três pontos para o Inter. São mais 19 finais, será decisivo até o fim, não deixaremos cair o nível em busca do título´´, disse Hudson, que marcou o primeiro no Brasileirão 2018.

Everton comemorou, além dos três pontos, o espírito vencedor e aguerrido do elenco.

“A Chapecoense é boa equipe e dificultou para caramba. Importante é a vitória, esse espírito e manter a pegada. É continuar trabalhando´´, vibrou.

Mesma linha foi seguida por Nenê, que iniciou a partida no banco de reservas e substituiu Shaylon, que foi ovacionado pela torcida do Tricolor.

“Emocionante ter esse carinho, esse reconhecimento não tem preço, é especial. A gente fica mais feliz ainda pelo resultado e a vitória importante. Estão todos de parabéns pela entrega, mostrando que podem nos ajudar, que o grupo é forte. Isso faz um time completo´´, frisou, emendando.

“Nossa união é o diferencial, não há vaidade. O ambiente é muito bom, temos que confiar em nós e seguir, vamos nos ajudar sempre. Sei que o primeiro lugar ajuda o ambiente alegre e positivo, porém, nossa harmonia e união é o que nos engrandece´´ ressaltou Nenê.

Sidão também exaltou a torcida e a força que o Tricolor tem jogando em casa.

“Vamos seguir firmes, somos muito forte no Morumbi, isso é fato, sabem a nossa grandeza. O adversário tem essa noção, mantém o respeito, então temos que manter forte para no final do ano trazer coisas boas´´, finalizou.

Fonte: assessoria de imprensa do São Paulo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_