BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série C: Bragantino arranca empate diante do Náutico, em Recife, retorna à Série B e está nas semifinais

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Luiz Ademar (Blog do Futebol Caipira)
Recife, PE, 26 de agosto de 2018

Marcelo Veiga e Bragantino foram feitos um para o outro. E novamente essa dupla festeja um acesso. Agora no Campeonato Brasileiro! Depois de vencer em Bragança Paulista por 3 a 1, no jogo de ida das quartas de final da Série C, o Massa Bruta foi até Recife, arrancou empate por 1 a 1 com o Náutico, neste domingo (26/8), na Arena Pernambuco, assegurou sua presença nas semifinais e garantiu o seu retorno para a Série B.

Matheus Peixoto, ainda no primeiro tempo, fez 1 a 0 para o Bragantino e praticamente consolidou o acesso para a Série B. Na etapa final, o Náutico chegou ao empate com Wallace Pernambucano, aos 38 minutos, mas já era tarde para time que precisa ganhar por três gols de diferença.

E por precisar de três gols, o Náutico saiu para o abafa e fez pressão total nos 15 minutos do primeiro tempo. Mas o Bragantino é muito sólido defensivamente, tirou os espaços do rival e suportou o sufoco, com o goleiro Alex Alves mostrando serviço e contando com a sorte.

Mas, na primeira oportunidade que foi ao ataque, o Bragantino abriu o placar e colocou o Náutico em pânico. Aos 32 minutos, Vitinho apanhou rebote e cruzou para Matheus Peixoto, de cabeça, fazer 1 a 0.

Mesmo com a impaciência da torcida, o Náutico voltou para o segundo tempo sufocando. E parou na marcação do Bragantino, além de falhar nas finalizações em algumas oportunidades. Porém, aos 22 minutos, o volante Adenílson meteu a mão na bola. Pênalti para o Timbu. Wallace Pernambucano cobrou e o goleiro Aelx Alves defendeu.

Já no final da partida, aos 38 minutos, Wallace Pernambucano se redimiu marcando de cabeça. Mas já era tarde.

FICHA TÉCNICA

Náutico 1 x 1 Bragantino

Quartas de final – Jogo de volta
Local: Arena Pernambuco – Recife (PE)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Correa e Carlos Henrique Lima Filho, ambos do RJ
Cartões Amarelos: Rafael Assis, Ortigoza, Adenílson, Buiu, Lázaro, Vitinho e Guilherme Mattis
Renda: R$ 879.515,00  – Público: 27.469 torcedores
Gols: Matheus Peixoto, aos 32 minutos do primeiro tempo. Wallace Pernambucano, aos 38 minutos do segundo tempo

Náutico
Bruno; Bryan, Camutanga, Sueliton e Assis; Josa (Wallace Pernambucano), Luiz Henrique e Lelê (Jobson); Dudu (Rafael Assis), Ortigoza e Robinho
Técnico: Márcio Goiano

Bragantino
Alex Alves; Buiu (Ewerton), Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenílson, Magno, Rafael Chorão e Vitinho; Léo Jaime (Júnior Goiano) e Matheus Peixoto (Danilo Bueno)
Técnico: Marcelo Veiga

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_