BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série B: De olho no clássico contra Figueirense, Capa fala de jogo diferente para o Avaí no próximo sábado

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Florianópolis, SC, 28 de agosto de 2018

A semana é de extrema importância para o Avaí. Fora de campo, o clube completa no próximo sábado (1/9) 95 anos de fundação. E a comemoração pode ocorrer justamente dentro de campo, ao lado de sua torcida, com o time disputando o maior clássico do Estado. Diante do Figueirense, a partir das 16h30, na Ressacada, o Leão busca a manutenção e consolidação no G4 do Campeonato Brasileiro – Série B.

Para o lateral-esquerdo Capa, que ainda não perdeu para o rival com a camisa azzurra, o objetivo é esquecer a festa e focar somente no difícil duelo.

“Clássico é sempre um jogo diferente, todo mundo sabe e fala isso. Coincidentemente esse será no dia de aniversário do Avaí, mas não temos que nos preocupar com festa e nada disso. O respeito ao rival é sempre salientado e demonstra grandeza também. Deixa para a torcida fazer o que for preciso na arquibancada, rezar que seja um dia bonito para lotar a Ressacada e nos incentivar dentro de campo. Vamos trabalhar esses dias para vencer, lutar até o fim e conquistarmos os três pontos que nos deixarão ainda mais na briga pelo acesso, objetivo desse grupo. O resto fica por conta de quem não estará nas quatro linhas´´, afirmou.

Será o quinto Avaí x Figueirense na trajetória de Capa. Antes, uma vitória e três empates. Sendo que os três pontos foram conquistados justamente no primeiro turno da Série B, na casa do rival. Próximo de completar 100 jogos no lado azul de Santa Catarina (tem 98 até o momento), o jogador valoriza a campanha nesta temporada, mesmo que em casa o aproveitamento não seja o ideal.

“A gente sabe que a Série B é campeonato de regularidade. O importante é somar sempre, independente de em casa ou fora. A proposta de jogo do Avaí encaixou mais quando estamos de visitante, mas também tivemos bons desempenhos na Ressacada, tanto que estamos entre os primeiros da competição. Às vezes falam demais e esquecem de olhar o trabalho no todo. Quem sabe no sábado a gente consiga melhorar esse aproveitamento e tenha arrancada para recolocar o Avaí no lugar que lhe é devido´´, finalizou.

 

Fonte: Atlante

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_