BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Atacante Pedro será submetido a cirurgia no joelho e só vai reforçar o Fluminense em 2019

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 18 de setembro de 2018

A notícia não poderia ser pior para a torcida do Fluminense, que tenta se consolidar na zona de classificação para a Sul Americana no Campeonato Brasileiro. O atacante Pedro, de apenas 21 anos, revelado nas categorias de base do clube, disparado o melhor jogador do elenco, e que recentemente foi convocado por Tite para defender a Seleção Brasileira, não voltará mais a jogar futebol em 2018.

Aquela mesma lesão parcial no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, sofrida na derrota para o Cruzeiro, no Mineirão, no dia 25 de agosto, que vinha sendo tratada de maneira convencional, não progrediu. E nesta terça-feira (18/9), o médico Michael Simoni, do Fluminense, informou que o atacante passará por cirurgia. O tempo estimado de recuperação é de seis meses.

Pedro era o artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro pelo Fluminense quando sofreu a lesão. Inclusive, ele precisou ser cortado pelo técnico Tite dos amistosos da Seleção Brasileira contra Estados Unidos e El Salvador.

De acordo com a diretoria do Fluminense, Pedro deverá ser submetido a cirurgia no joelho nos próximos dias, em Belo Horizonte, com o médico Rodrigo Lasmar, do Atlético-MG e da Seleção Brasileira.

“Estou aqui em uma situação ingrata para comunicar a situação do atleta Pedro. Depois das avaliações feitas, chegou-se à conclusão de que ele precisa passar por cirurgia. Para mim, isso é extremamente delicado. Ele é um jogador jovem e promissor, mas a vida reserva essas facetas e temos que conviver com elas´´, destacou Paulo Angioni, diretor executivo de futebol do Fluminense, comentando a atualização médica.

“Não sou a pessoa indicada para falar sobre isso de forma clínica, mas o doutor Douglas Santos teve emergência de cirurgia e não pode estar presente. O doutor Michael Simoni gravou um vídeo explicando a situação do atacante, onde todos os procedimentos foram feitos de forma direta e transparente´´, explicou Angioni, emendando em seguida.

“Todo o apoio será dado por parte do clube e tudo será disponibilizado para melhor atender o jogador. Ele tem o direito de fazer a escolha e caso não seja no Departamento Médico do Fluminense, será acatado sem nenhum constrangimento. Conforme o doutor Michael falou nos esclarecimentos, no transcurso dos dias, isso será decidido´´, concluiu.

Fonte: assessoria de imprensa do Fluminense

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_