BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Sul-Americana: Fluminense chega a acordo com Scarpa e Palmeiras e só pensa no duelo contra o Cuenca-EQU

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 3 de outubro de 2018

Acabou a novela mais chata do futebol brasileiro em 2018. O Fluminense comunica nesta quarta-feira (3/10) que chegou a um acordo com o atleta Gustavo Scarpa e com a Sociedade Esportiva Palmeiras e o processo, que vinha alternando vencedores e vencidos, está encerrado.

Apesar do assunto ser tratado em sigilo, Gustavo Scarpa, que recorreu à Justiça para deixar o Fluminense e se transferir para o Palmeiras, alegando pendências financeiras por parte do clube carioca, abriu mão de parte das luvas que tinha que receber. E o Palmeiras aceitou pagar determinado valor pela contratação do meia.

Satisfeito com o valor arrecadado, e com o que agora não precisa pagar mais, o Fluminense deixou claro que sempre buscou o acordo e desejou ao atleta sorte e sucesso no restante da carreira. E disse ainda que agradece a Gustavo Scarpa pelo profissionalismo, dedicação e conduta correta durante todo o período em que esteve nas Laranjeiras.

SUL-AMERICANA

Confiante, mas concentrado para não dar chances ao adversário. Essa será a postura do Fluminense na partida desta quinta-feira (4) pela Copa Sul-Americana, segundo o zagueiro Ibañez. Titular da defesa tricolor desde que o time voltou a atuar com três zagueiros, o jovem de 19 anos espera uma atmosfera muito positiva em Maracanã, que deve receber ótimo público para o jogo das 21h45, contra o Deportivo Cuenca, do Equador

“Mais de 30 mil confirmados no Maracanã. Temos a expectativa de o estádio estar cheio. É sempre bom ver a torcida do nosso lado, vai ser 12º jogador. Treinamos forte esta semana para nos entrosar bem. Esperamos fazer boa partida como fizemos nas vitórias em Quito (sul-Americana) e Chapecó (Brasileiro)´´, disse Ibañez, sem deixar de mencionar a vantagem conquistada fora de casa.

O Fluminense venceu por 2 a 0 jogando em Quito, no jogo de ida das oitavas de final, e pode perder até por um gol de diferença que garante a classificação para as quartas de final da Sul-Americana, onde já está o Nacional, do Uruguai. De acordo com Ibañez, o time ainda não pensa na próxima fase da competição.

“Sabemos que construímos vantagem muito boa na casa deles, mas não tem nada definido. Se passarmos de fase, a gente foca no próximo confronto. Três zagueiros, muita gente vê como mais defensivo, mas eu penso que é esquema mais ofensivo. Atacamos com os dois laterais, chegando mais ou menos sete jogadores na frente. Vamos propor o jogo desde o início, manter a posse de bola´´, afirmou.

 

Fonte: assessoria de imprensa do Fluminense

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_