BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Opinião: Eliminação do Ituano no Sub 17 faz Juninho Paulista criticar mutreta do Corinthians

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Coluna Futebol Caipira, por Luiz Ademar
Itu, SP, 12 de outubro de 2018

Foi verdadeira vergonha o que o Corinthians fez nesta sexta-feira (12/10) na última rodada do Campeonato Paulista Sub 17. Algo que deveria ser analisado pelos dirigentes da Federação Paulista e até encaminhado para o Tribunal de Justiça Desportivo. Mutreta descarada, envergonhando a história das categorias de base. Comprovada a irregularidade, os profissionais envolvidos deveriam ser excluídos do mundo da bola.

Pelo Grupo 20, na terceira fase do Campeonato Paulista Sub 17, o Corinthians, já classificado, entrou em campo, no Parque São Jorge, para encarar o Amparo, que precisava vencer para ficar com a segunda vaga. O Ituano, jogando em Itu, teria de vencer o União Barbarense, e torcer pela vitória do Timão, para se classificar.

O Ituano fez a sua parte, em Itu, e goleou o União Barbarense por 7 a 0. Porém, o Corinthians, por incrível que possa parecer, entrou em campo com o time reserva. E ainda terminou a partida jogando com nove atletas em campo, facilitando a vitória do Amparo, que se classificou.

Com a experiência no mundo da bola, Juninho Paulista, gestor do Ituano, fez questão de denunciar as irregularidades. E criticar duramente o que acontece até nas categorias inferiores.

CONFIRA O PROTESTO DE JUNINHO PAULISTA

“A responsabilidade dos clubes na formação dos atletas nas categorias de base é muito grande. É dever e compromisso dos diretores e comissões técnicas ensinar os conceitos de respeito, honestidade, lealdade, amizade e cordialidade na prática do futebol. O esporte é pródigo nestes ensinamentos que moldam o caráter destas crianças quando se tornam adultos. A amizade no esporte é duradoura. Diria que eterna. Muito do meu caráter foi formado no futebol desde a categoria de base.

Por isso eu repudio o que aconteceu hoje (12/10) no Parque São Jorge no jogo de sub 17 entre Corinthians e Amparo. O time da capital já classificado entrou em campo com uma equipe reserva. Apenas um titular que tem jogado esteve em campo. Se não bastasse, o time demonstrou total falta de interesse no jogo. Após o intervalo, foram feitas duas alterações. Depois mais três alterações. Ainda teve um atleta expulso. Um zagueiro fez falta dura e recebeu segundo amarelo. Na base são permitidas 6 alterações. Por isso foi feita outra alteração. Perto do final, um atleta caiu com cãibras. Ficou do lado de fora por 5 minutos e o Corinthians seguiu jogando com 9 atletas. Resultado, o Amparo venceu e conseguiu a outra vaga do grupo.

O Ituano foi eliminado sim. Mas não só pelo resultado de hoje. Mas porque empatou em casa com o Amparo e com o próprio Corinthians. Ficou fora porque não venceu o Barbarense em Santa Bárbara. Ficou fora também pelos próprios erros. Mas em nenhum momento deixou de jogar. De buscar a vitória como deve ser o futebol. Como deve ser na prática do esporte. Erro maior e grave é quando se deixa de lado a busca pela vitória em troca de uma classificação. Principalmente nas categorias de base. Que lição estes jovens destas quatro equipes vão carregar para o futuro? ´´

Juninho Paulista (Gestor do Ituano FC)

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_