BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Já projetando a temporada de 2019, Dado Cavalcanti é o novo treinador do Paraná Clube

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Curitiba, PR, 18 de outubro de 2018

Dado Cavalcanti é o novo técnico do Paraná Clube, em substituição a Claudinei Oliveira, que pediu demissão para comandar a Chapecoense. O treinador chega para comandar o time nesta reta final do Campeonato Brasileiro, mas com olhos voltados para 2019. Pensando no futuro, a diretoria do Tricolor foi buscar um técnico jovem, mas com experiência no cenário nacional, e que terá a missão de reorganizar o grupo visando as competições do ano que vem, a começar pelo Campeonato Paranaense, a partir do fim de janeiro.

A chegada de Dado Cavalcanti está programada para esta quinta-feira (18/10), quando será apresentado ao elenco e comandará o primeiro treinamento. Sua estreia será neste domingo (21/10), às 19 horas, na Vila Capanema, diante do Flamengo. Luís Eduardo Barros Cavalcanti vem para a sua segunda passagem pelo Paraná Clube. Em 2013, quando havia alcançado projeção nacional comandando o Mogi Mirim, no Paulistão, ele foi contratado como uma das referências da equipe na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B.

“Buscamos um treinador que, em pouco tempo, criou uma identidade com o clube. O Dado Cavalcanti possui, mesmo jovem, boa bagagem dentro do Campeonato Brasileiro e será importante na formatação do grupo para o ano que vem´´, comentou o presidente Leonardo de Oliveira, que tratou pessoalmente dessa negociação.

Aos 36 anos, Dado voltará a trabalhar com Lúcio Flávio, que há cinco anos era seu jogador e, agora, estará mais próximo, como um de seus auxiliares técnicos. O treinador trará também um auxiliar direto: Pedro Gama.

Dado Cavalcanti sabe, pelas informações obtidas, que encontrará um novo clube, reestruturado, com infraestrutura de qualidade e condições de executar grande trabalho até o final do ano que vem.

“Estou muito empolgado em voltar ao clube onde fui muito feliz no passado. Terei também o prazer de voltar a trabalhar com amigos que, além de ídolos do Paraná, farão parte do meu dia a dia de forma mais próxima e participativa, que são Lúcio Flávio (auxiliar) e Marcos (Oliveira, gerente de futebol)´´, comentou o novo treinador do Tricolor.

Fonte: Assessoria de imprensa do Paraná

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_