BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série B: Com o apoio de mais de 11 mil torcedores, Ponte Preta vence, entra no G4 e está perto do acesso

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Luiz Ademar (Blog do Futebol Caipira)
Campinas, SP, 14 de novembro de 2018

A união entre Ponte Preta e o técnico Gilson Kleina, que está em seu terceiro capítulo quando retornou ao clube para fazer nove partidas na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, está próxima de um final feliz. Para todas as partes envolvidas, principalmente os torcedores.

Depois de sete vitórias e um empate, diante do líder e campeão Fortaleza, fora de casa, a Ponte Preta deu o passo decisivo para entrar no G4 da Série B na terça-feira (13/11) à noite, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Com mais de 11 mil torcedores vibrando o tempo todo, a Macaca venceu o Coritiba por 2 a 0, gols de Leandro Silva, contra, e Júnior Santos, pela penúltima rodada, assumiu provisoriamente a vice-liderança, com os mesmos 59 pontos do CSA e melhor saldo, e não sairá mais da zona de acesso ao Brasileirão 2019.

Caso o Avaí não vença o CSA, em Alagoas, em confronto direto que acontece no sábado (17), em Maceió, a Macaca jogará com a equipe catarinense, em Florianópolis, na última rodada, pelo empate para garantir o cobiçado retorno ao grupo de elite do futebol brasileiro.

Essa foi a quarta vitória consecutiva da Ponte Preta, com oito jogos de invencibilidade desde a chegada de Gilson Kleina (22 pontos ganhos, em 24 disputados).

O Jogo

A Ponte abriu o placar logo aos quatro minutos, em grande jogada de Ruan. Após cobrança de escanteio do Coritiba, a bola cruzou a área da Macaca e sobrou para o lateral-direito. O camisa 16 arrancou até a área adversária, fez o cruzamento e Leandro Silva fez contra. Minutos depois, Ruan quase fez o segundo para a Macaca. Após bola lançada por Lucas Mineiro, o jogador invadiu a área em velocidade e cabeceou por cima do gol.

Após o gol sofrido, o Coritiba tentou criar ações ofensivas, o que fez a Ponte atuar de forma mais reativa, tentando aproveitar contra-ataques. A cada decida da Macaca a torcida  empurrava o time atrás do segundo gol. Aos 33 minutos, o Coritiba teve lance perigoso, em cabeceio de Leandro Silva, que passou perto do gol de Ivan.

Mas quem chegou ao gol mesmo foi a Ponte. Aos 38 minutos, Matheus Vargas deu passe preciso para Júnior Santos, que invadiu a área e chutou forte: 2 a 0.

O segundo tempo começou com o Coritiba tendo oportunidade aos 5 minutos, em chute forte de Chiquinho, que Ivan defendeu. Até a metade do segundo tempo, as duas equipes criaram pouco. O jogo ficou mias truncado no meio de campo, sendo que a equipe campineira teve que atuar com um jogador a menos, após expulsão de João Vítor.

A Ponte quase chegou ao terceiro gol aos 38 minutos, após cobrança de falta de Danilo, que Rafael espalmou para escanteio. depois foi só a torcida festejar no estádio.

Ficha Técnica:

PONTE PRETA 2 x 0 CORITIBA

Local: Estádio Moisés Lucarelli – Campinas/SP
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar Meurer (trio de MG)
Cartões amarelos: Nathan (Ponte Preta); Guilherme, Rafael Lima (Coritiba)
Cartão vermelho: João Vítor (Ponte Preta)
Renda: R$ 131.560,00
Publico: 11.684
Gols: Leandro Silva (contra), aos 4, e Júnior Santos, aos 38 minutos do primeiro tempo

Ponte Preta
Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; João Vitor, Lucas Mineiro e Matheus Vargas (Roberto); Victor Rangel (Nathan), André Luís (Hyuri) e Júnior Santos
Técnico: Gilson Kleina

Coritiba
Rafael Martins; Leandro Silva, Rafael Lima, Alan Costa e William Matheus; Vitor Carvalho, Simião (Guilherme), Matheus Bueno (Belusso) e Chiquinho (Nathan); Alecsandro e Guilherme Parede
Técnico: Argel Fucks

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_