BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Dorival Júnior esquece o líder Palmeiras e pede para Flamengo pensar apenas em seus jogos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 16 de novembro de 2018

Mesmo no sufoco, com o adversário perdendo um pênalti no final da partida, o Flamengo venceu o Santos por 1 a 0, na última quinta-feira (15/11), no Maracanã, gol de Henrique Dourado, e segue na terceira colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 63 pontos, sete a menos que o líder Palmeiras, faltando apenas quatro rodadas para acabar a competição, ou seja, com 12 pontos em disputa.

Apesar de admitir que a missão do Flamengo para conquistar o título é extremamente difícil. Afinal, o vice-líder Internacional, com 65 pontos, também está em sua frente, o técnico Dorival Júnior pede para os seus jogadores esquecerem o líder Palmeiras e seguirem apenas vencendo os seus próximos jogos.

“Temos que nos preocupar com a nossa condição, nossos resultados. Tem sido assim rodada a rodada. O Palmeiras tem vantagem e precisamos respeitá-la, mas enquanto existirem possibilidades matemáticas, vamos seguir lutando pela melhor posição possível. Não vamos perder o foco. Fico feliz de ver que mantivemos o equilíbrio e o controle mesmo com desfalques importantes contra o Santos. Tivemos posicionamento correto em campo e, quando isso aconteceu, criamos mais e conseguimos um resultado importante frente a uma equipe que nos exigiu muito´´, analisou.

O treinador entendeu até as vaias da torcida no intervalo da partida diante do Santos, quando o jogo ainda estava 0 a 0.

“Temos que entender o torcedor, nós não estávamos satisfeitos com a nossa última atuação. Esperávamos algo diferente daquilo que estamos vendo. A equipe conseguiu se reequilibrar, mesmo depois de início nervoso. O Santos sabe explorar bem contra-ataques, mas nos posicionamos bem, tivemos poucas infiltrações deles, conseguimos atacar mais o espaço. Depois do gol, sentimos mais necessidade de guardar a área e trouxemos o Santos, abrindo mais espaços. Mas tivemos boa oportunidade com o Berrío, por exemplo. De modo geral, é importante colocar que os anseios que o torcedor tem são os mesmos que os nossos. Sempre lutamos muito por eles e pelos resultados. Em uma rodada ou outra não conseguimos, mas o elenco vem tendo aproveitamento bom. A derrota passada nos chateou bastante, mas mostra o nosso poder de recuperação. Fica expectativa para que as coisas possam acontecer em futuro bem curto´´, disse Dorival.

Henrique Dourado e Orlando Berrío, protagonistas do gol do Rubro-Negro, saíram do banco para definir o jogo.

“É agora que a força do elenco se faz presente. Ganhamos com três alterações e dois participaram diretamente do resultado, o que é muito importante. Valorizo mais o conjunto do trabalho do que atitudes individuais. Todos estão tentando ler a partida para fazer alterações de várias formas, então queremos sempre ver nossa equipe jogando bem e dando satisfação ao torcedor´´, explicou o comandante.

O goleiro César teve atuação fundamental e ainda defendeu um pênalti, sendo peça importante no confronto contra o Santos.

“O futebol sempre nos mostra esses lados. Talvez tenhamos um palmo de distância entre herói e vilão na partida. É um garoto que vem crescendo e amadurecendo, criado no Flamengo. Fico muito feliz, pois ele vem evoluindo bastante. Muito dessa vitória foi pela atuação dele´´, completou Dorival Júnior.

O Flamengo volta a campo no domingo (18/11), às 17 horas, quando enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro.

Fonte: assessoria de imprensa do Flamengo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_