BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Kelvin aposta no caldeirão de São Januário para o Vasco derrotar o São Paulo e sair do sufoco

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 21 de novembro de 2018

O Vasco está em situação delicada na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Na 15ª posição, com 39 pontos, a equipe tem apenas dois pontos a mais que a Chapecoense, que está no 17º lugar, dentro da zona do rebaixamento. E para sair do sufoco será preciso vencer o importante e decisivo jogo contra o São Paulo, nesta quinta-feira (22/11), às 20 horas, no caldeirão de São Januário.

Titular contra Atléticvo-PR e Corinthians, Kelvin demonstrou otimismo ao projetar o desafio diante do Tricolor. O camisa 7 reconheceu a força do rival, mas garantiu que o time cruzmaltino está preparado para o desafio. O atacante enalteceu a força do Gigante atuando dentro do Caldeirão. O retrospecto vascaíno atuando em sua casa é um dos melhores do Brasileiro.

“Será mais uma guerra e estamos preparados para ela. Nesse último jogo, infelizmente, fomos prejudicados pela arbitragem. Fizemos bom jogo, tivemos boas chances para fazer gols, mas o resultado não veio. Nossa expectativa para o jogo contra o São Paulo é o melhor possível. Queremos vencer. Acredito que dará tudo certo, pois teremos o apoio da nossa torcida´´, afirmou o camisa 7, acrescentando na sequência.

“A torcida tem comparecido em bom número em São Januário. Ela sabe que esse apoio é muito importante nessa reta final do Brasileirão e fez bonita festa contra o Atlético-PR. Fizemos grande partida, mas infelizmente deixamos escapar a vitória nos momentos finais. Esperamos repetir a atuação e dessa vez sair de campo com os três pontos´´, completou o atacante.

Contando no elenco com atletas que tiveram passagem de sucesso por São Januário, casos de Anderson Martins, Nenê e Diego Souza, o São Paulo ocupa a quinta colocação e vem brigando rodada a rodada com o Grêmio por vaga no G4 do Brasileiro. O momento vivido pelo adversário, entretanto, não fará o Vasco deixar de tomar a iniciativa durante os 90 minutos do clássico nacional.

“O São Paulo é forte e está fazendo bom Campeonato Brasileiro. Eles já foram líderes da competição por um bom tempo, mas chegou a hora de nos batermos de frente com todo mundo, independente de ser equipe que está brigando lá em cima ou está atrás da gente na tabela. É o momento de buscarmos os três pontos contra tudo e contra todos´´, finalizou Kelvin.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Vasco

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_