BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Na despedida do goleiro Jefferson, Botafogo vence o rebaixado Paraná com dois gols de Erik

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 27 de novembro de 2018

O Botafogo vai disputar a Copa Sul-Americana de 2019! O rebaixamento nem incomoda mais após as últimas vitórias seguidas e a pontuação para se consolidar entre os 10 primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Na última segunda-feira (26/11), na despedida do goleiro Jefferson, o Fogão venceu o lanterninha e rebaixado Paraná por 2 a 1 e homenageou o ídolo! Os dois gols foram marcados por Erik, fazendo a equipe chegoar aos 51 pontos, na nona colocação. Alex Santana descontou.

“Confesso que a ficha está caindo agora. Venho me preparando a muito tempo para essa aposentadoria. Fui visto muitas vezes como um cara de gelo e concentrado, mas confesso que estou muito emocionado. Todo mundo passará por isso um dia, mas estou vendo que vou fazendo as últimas coisas pelas última vez. O último treino, a última coletiva. Agradeço a Deus por essa caminhada nessa carreira de sucesso. Agradeço aos times que passei, ao Cruzeiro que me tornou profissional, e ao Botafogo. Sou botafoguense e só agradeço. Agradeço também a vocês da imprensa que sempre me apoiaram´´, disse Jefferson.

Conhecido e reconhecido por todos como uma pessoa extremamente profissional, Jefferson falou sobre os motivos que carimbaram sua decisão e também aproveitou para dizer que será o momento de ficar ainda mais perto dos torcedores.

“Na realidade já vinha trabalhando faz um bom tempo. Sempre doei muito pelo futebol. Estava conversando isso com minha esposa, que quem não faz isso não alcança seus objetivos. Sempre descansei, me alimentei bem. Nunca pedi para não treinar em datas comemorativas. Foi uma coisa muito intensa. Sei que poderia jogar mais uns dois ou três anos, mas agora posso aproveitar outras coisas, ficar mais perto da familia, dos amigos e dos torcedores. Tenho a minha cafeteria e vou poder ficar mais perto disso também´´, contou o ídolo.

ORGULHO PARA TODA VIDA

“Tem muitas histórias boas, outras não tão boas. Vou me orgulhar de contar sobre a lealdade, a fidelidade. Mostrar realmente o valor do seu trabalho, das pessoas. Vou contar a história de 2015, quando tive propostas, mas pesou a lealdade e a gratidão. No mundo muitas coisas são descartáveis, mas vou poder mostrar o contrário. Vou poder sentar e contar sobre a importância que tem a gratidão´´.

O BOTAFOGO E SUA GRANDEZA

“Tenho noção da história que tenho no Botafogo, do prestígio e reconhecimento, mas também que o Botafogo está acima de mim. Reconheço que só tenho esse carinho por causa do Botafogo. Sei meu lugar e realmente o que sou. Primeiramente a Deus, mas depois o Botafogo. Agradeço ao Zé pela oportunidade de jogar, mas os deixei à vontade, os interesses do Botafogo são maiores´´.

REENCONTRO COM COMPANHEIROS DO PASSADO

“Tem possibilidade. Claro que ficou uma coisa muito em cima até por nossa situação na tabela. Vai ser uma festa fora, mas dentro de campo vamos buscar esse resultado. Mais para frente espero reunir alguns amigos para fazer um jogo aqui no Nilton Santos. O Loco Abreu, o Sandro, a galera de 2013. Em 2003 também, aquele grupo foi fundamental´´.

FELIZ POR SER EXEMPLO

“Fico feliz deles verem a minha pessoa desse modo e creio que o que eu deixei no futebol foi o trabalho, entrega. Vivi o futebol com intensidade. O primeiro a chegar, o último a sair. Sempre respeitando os companheiros. O futebol é isso, tem que viver intensamente. Eles observam isso e espero que tirem de exemplo´´.

O JOGO MAIS ESPECIAL

“Creio que foi contra o Flamengo em 2010. Por tudo que estava acontecendo foi uma final belíssima. Os torcedores não aguentavam mais, a pressão era grande e foi um jogo emocionante. Pude pegar o pênalti do Adriano e teve aquela cavadinha´´.

GRATIDÃO

“Quero somente agradecer a todos os botafoguenses por esses 10 anos no Botafogo. Vou guardá-los no coração, uma família que me abraçou de corpo e alma. Cheguei no clube com 20 anos, saí por dois e voltei para ficar. Só quero agradecer e dizer que depois quero ficar mais perto deles´´.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Botafogo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_