BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Cruzeiro joga duro com De Arrascaeta, o empresário Daniel Fonseca e a diretoria do Flamengo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 4 de janeiro de 2019

A diretoria do Cruzeiro está inconformada com o assédio do Flamengo em cima do meia uruguaio De Arrascaeta, que antes mesmo de negociar com o clube ofereceu salário milionário para o jogador trocar a Raposa pela Gávea. Com tamanha falta de ética, o atleta perdeu a cabeça e usou seu empresário para mudar de equipe.

Revoltada com a situação, a diretoria do Cruzeiro divulgou a seguinte nota oficial: 

1. Em razão das declarações públicas do atleta De Arrascaeta, informamos que, em momento algum da reunião ocorrida na última quinta-feira, o Cruzeiro ou seus representantes utilizaram expressões que pudessem gerar qualquer tipo de conflito com o atleta ou seu representante, reunião esta que contou com a participação de várias outras pessoas que testemunharam o ocorrido. Ao contrário, foi o Sr. Daniel Fonseca que a todo tempo instigou a desarmonia e desrespeitou a instituição e seu próprio representado, ameaçando retirar o atleta do Clube, como de fato vem tentando fazer. Nada houve entre Clube e atleta, o que nos causa surpresa em sua declaração.

2. Entretanto, ao que parece, a intenção já manifestada pelo procurador do atleta é promover o rompimento forçado do seu contrato de trabalho com o Cruzeiro, onde cria circunstâncias, faz ilações e deturpa fatos, a fim de criar um inexistente clima de hostilidade entre Clube e jogador, com o mau propósito de se valer indevidamente de fatos mentirosos para mover ações judiciais que poderiam lhe retirar do Clube. Mas o Cruzeiro confia na justiça e nas leis brasileiras, que não se curvarão a essas mentiras.

3. Admira-nos também a ilação feita de que ao final da reunião de quinta-feira, o atleta e seu procurador teriam recebido vários telefonemas e ameaças, com suposta relação entre o insucesso da reunião e o vazamento do número de seu telefone. Como é fato público, foi o próprio atleta que divulgou em entrevista recente que concedeu em 29/11/2018, de que seu número de celular já havia vazado ao público há bastante tempo, ou seja, demonstração de que não há verdade na ilação feita.

4. Nesse sentido, entende o Cruzeiro que o atleta De Arrascaeta vem sendo vítima de ação nefasta e parasitária do empresário Daniel Fonseca, que é conhecido no mercado internacional e no seu próprio país, conforme noticiam várias agências, como procurador controverso e desonesto, tendo sido acusado de calote contra atletas, e inclusive sendo proibido por grandes clubes de representarem seus atletas

5. O Cruzeiro informa que já está tomando as medidas legais contra os clubes que ilegalmente assediam o jogador, bem como contra as pessoas que mentem e prejudicam o Clube e que não querem o bem do futebol, do atleta e do Cruzeiro.

6. O atleta Arrascaeta é hoje um ídolo da nossa torcida, possui o respeito da instituição e de seus colegas de trabalho, sendo que sempre foi tratado com respeito, dignidade e como o ídolo que é.

7. O Cruzeiro tem a absoluta convicção de que as declarações feitas não foram de autoria do atleta, que tem no Clube absoluta e inarredável confiança e credibilidade, sendo inequívoco que o Cruzeiro continuará contando com sua competência e capacidade ao longo desta temporada que se inicia, que certamente será novamente vitoriosa, com integral cumprimento do seu contrato de trabalho, com respeito às leis e aos contratos em vigor.

Fonte: assessoria de imprensa do Cruzeiro

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_