BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Lateral Choco e atacante Alemão, revelados na categoria de base do Santos, reforçam o Ituano

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Itu, SP, 12 de janeiro de 2019

O Ituano foi buscar dois jogadores experientes, que foram revelados nas categorias de base do Santos, já rodaram por outros países e agora buscar a reafirmação no futebol paulista. São eles o atacante Alemão, de 29 anos, e o lateral direito Choco, de 28, que tem a versatilidade de jogar no ataque, pelos lados do campo.

A dupla, que é paulista, já vem treinando no Galo de Itu há uma semana. Alemão nasceu em Valinhos e completa 30 anos em 2 de março. Ele jogou duas temporadas por Udinese e Vicenza, na Itália. Quando retornou ao Brasil jogou no futebol paulista pela Catanduvense, Guaratinguetá e Ponte Preta.

Alemão ainda jogou pelo Vitória e Chapecoense antes de retornar ao exterior para jogar no Cruz Azul, do México, em 2015. Andarilho do futebol, jogou no Figueirense, ABC, Botafogo-SP, Paraná e, no ano passado, voltou ao exterior para jogar no Busan, da Coreia do Sul. No segundo semestre subiu com o Avaí para a Série A do Brasileiro.

“Eu sou da região e conheço bem Itu. Joguei várias vezes contra o Ituano. Sempre me falaram que é um clube sério, do qual o gestor eu sou muito fã. Sempre fui admirador do Juninho. O convite veio diretamente dele, junto com o Esquerda, o diretor. Eu recebi da melhor forma possível. Receber um convite de um cara pentacampeão mundial, tem que se sentir honrado. Ele vir atrás do seu futebol, te dar moral e vir conversar numa boa. Sou super fã dele e estou muito feliz no Ituano´´, comentou Alemão.

O lateral direito e também atacante velocista Choco, começou no futsal da GM, em São Caetano do Sul. Foi observado e levado para a base do Santos, onde se profissionalizou. Recebeu proposta e foi jogar do Ludogorets, da Bulgária, onde aprendeu muito.

“Joguei por cinco anos lá. Aprendi a dar muito valor a obediência tática. Aqui no Brasil, algumas equipes não têm essa obediência e lá fora é prioridade. Então eu aprendi bastante. Demorei um pouco, mas consegui aprender e tenho experiência boa´´, contou Choco, que depois jogou no Apoel, do Chipre, e voltou a disputar a Liga dos Campeões.

“Pelo Ludogorets joguei duas e pelo Apoel uma Liga dos Campeões. É emoção muito grande. Creio que todos os jogadores almejam jogar a Champions League, que é um dos maiores campeonatos do mundo, se não for o maior. E graças a Deus eu tive essa oportunidade. Foi emoção muito grande, nível muito alto. Fui mais para aprendizado e não para tentar ganhar dinheiro. Foi muito boa a experiência´´, fala Choco, que defendeu o Juventude na Série B.

Alemão e Choco já estão adaptados ao novo clube. Ambos têm elogios e acreditam numa boa participação no Campeonato Paulista.

“Eu estou vendo um grupo muito bom. Estamos trabalhando bastante todos os dias. Nos empenhando e buscando a melhor forma física, técnica e tática. Buscando acatar ao máximo tudo aquilo que a comissão vem passando para gente. Temos tudo para fazermos excelente campeonato. Mas vamos com calma. Um passo de cada vez e com humildade. Temos que ser time chato. Aquele que quer classificar, chegar longe no Paulista e fazer bonito´´, lembra Alemão, que conhece bem a competição.

“A estrutura do Ituano me surpreendeu bastante. Porque eu não conhecia muito. Conhecia de nome, mas não o dia a dia. Estou feliz de estar aqui. Espero jogar o meu futebol e me adaptar o mais rápido ao modo de trabalhar do técnico Vinícius, para quem sabe eu possa ajudar. Quero fazer história no Ituano´´, afirmou Choco.

Fonte: assessoria de imprensa do Ituano

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_