BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A2: XV de Piracicaba, Taubaté e Linense mostram eficiência e força fora de casa na primeira rodada

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Luiz Ademar (Blog do Futebol Caipira)
São Paulo, SP, 20 de janeiro de 2019

A competitiva Série A2 (Segunda Divisão) do Campeonato Paulista promete brigas intensas pelas oito vagas para a segunda fase. E, ao término da primeira rodada, chamou a atenção a força e eficiência de três clubes que venceram com merecimento, fora de casa: XV de Piracicaba, que superou a rival Inter, em Limeira, por 3 a 2; o Linense, rebaixado no Paulistão 2018, que também foi até Limeira para encarar o sem teto Atibaia e fez 3 a 1, e o Taubaté, do técnico Marcelo Martelotti, que em Penápolis bateu o Penapolense por 2 a 0.

No sábado (19/1), no estádio Major José Levy Sobrinho, o XV de Piracicaba, do técnico Tarcísio Pugliesi, mostrou que veio muito forte em 2019 para brigar pelo acesso. No clássico regional, diante da Inter, marcou três vezes com Ítalo, Ronaldo e Kadu Baroni. Nata e Jean Pablo descontaram, mas a vitória do Nhô Quin foi merecida.

Também em Limeira, no mesmo estádio Major José Levy Sobrinho, mas neste domingo (20), o Linense tirou proveito do mando de jogo em campo neutro, pois o Atibaia ainda está construindo o seu estádio, para vencer com facilidade. Magno Alves, Thiago Humberto, cobrando pênalti, e Kássio fizeram os gols do Elefante da Noroeste. Matheus Silva descontou para o Falcão.

Já em Penápolis, o Taubaté mostrou que realmente montou elenco forte para lutar pelo acesso. Com gols de Caio Mancha, ex-Ferroviária, e Juninho, o Burro da Central festejou os três pontos.

Jogando em casa, Água Santa, de Diadema, e Rio Claro e Portuguesa Santista também somaram os três pontos. Cada um ao seu estilo.

Em Diadema, no Distrital do Inamar, o Água Santa suou para superar o Sertãozinho por 2 a 1. Dadá marcou para o time da casa, enquanto Maycon deixou tudo igual para o Touro dos Canaviais. Entretanto, na etapa final, Alvinho sacramentou a vitória

Na cidade de Rio Claro, o popular Galo Azul, do técnico Adilson Francisco, teve atuação firme e forte e não sofreu para derrotar o Santo André por 2 a 0. Os gols foram marcados por Franco e Nathan.

Na base da raça e do sofrimento, aos 48 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio, o experiente atacante Rodriguinho, de cabeça, decretou a vitória da Portuguesa Santista por 1 a 0, neste domingo pela manhã, no estádio Ulrico Mursa, em Santos. O Nacional, que já comemorava um ponto fora de casa, foi ao desespero com o técnico Alan Aal, ex-Portuguesa.

“Bom demais. Centroavante vive de gol. Começar com o pé direito nos dá mais confiança. Eu não era centroavante, gosto muito de sair e este ano o Sérgio Guedes (técnico) falou que eu precisava sair menos, porque disse que meu poder de fogo é muito bom´´, disse o artilheiro Rodriguinho, da Briosa.

Curiosamente, os dois jogos disputados na Capital, na primeira rodada da Série A2, terminaram empatados. No sábado, na Javari, o Juventus ficou no 0 a 0 com o Votuporanguense, atual campeão da Copa Paulista. No domingo, no Canindé, a Portuguesa, do técnico Luiz Carlos Martins, até fez 1 a 0, gol contra de Régis. Porém, o São Bernardo, que foi o time que mais investiu em reforços, chegou ao empate com o veterano Francisco Alex.

CLASSIFICAÇÃO

1º Linense – 3 pontos
Rio Claro – 3
Taubaté – 3
XV de Piracicaba – 3
Água Santa – 3
Portuguesa Santista – 3
7º São Bernardo – 1 ponto
Portuguesa – 1
Juventus – 1
Votuporanguense – 1
11º Inter de Limeira – 0
Sertãozinho – 0
Nacional – 0
Atibaia – 0
Penapolense – 0
Santo André – 0

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_