BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Guarani vence Corinthians com o aluno Osmar Loss superando o ex-mestre Fábio Carille

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Luiz Ademar
Campinas, SP, 23 de janeiro de 2019

No duelo entre criador e criatura, ou para ficar mais no mundo da bola, do mestre diante do aluno, o Guarani conseguiu a sua reabilitação no Campeonato Paulista ao derrotar o Corinthians, de virada, por 2 a 1, nesta quarta-feira (23/1), no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Gustavo abriu o placar para o Timão, mas ainda no primeiro tempo Diego Cardoso e Rondinelly viraram para o Bugre.

Além do confronto, o grande destaque na partida foi o duelo tático entre dois ex-treinadores do Corinthians. Osmar Loss foi extremamente vitorioso nas categorias de base do time do Parque São Jorge e foi efetivado auxiliar técnico permanente do Timão justamente quando Fábio Carille assumiu o cargo de treinador pela primeira vez.

A dupla trabalhou junta com competência e conquistou o bicampeonato paulista (2017 e 2018) e o título brasileiro (2017). No final do primeiro semestre do ano passado, Fábio Carille recebeu proposta financeira milionária e trocou o Corinthians pelo Al Wehda, da Arábia Saudita. E Osmar Losso assumiu o cargo de treinador durante o Campeonato Brasileiro.

Mas, a paciência que a diretoria e torcida do Corinthians tiveram com Fábio Carille, não foi a mesma com Osmar Loss. Bastaram alguns tropeços para chamá-lo de novato e rebaixá-lo de treinador para auxiliar, contratando Jair Ventura.

Magoado com o desprezo corintiano e sem fazer parte dos planos de Jair Ventura, Osmar Loss pediu licença no Corinthians para fazer cursos. Fábio Carille, que não foi bem na Arábia Saudita, aceitou a proposta para retornar ao Parque São Jorge em 2019, e Osmar Loss aceitou proposta para comandar o Guarani, deixou o Timão, e levou Coelho, ex-lateral e funcionário corintiano, para ser o seu auxiliar no Bugre.

O tira-teima entre aluno e professor aconteceu nesta quarta-feira. E deu Osmar Loss, que taticamente soube anular o Corinthians e superou o mestre Fábio Carille. O Guarani, que havia perdido na estreia por 1 a 0 para o Bragantino, em Bragança Paulista, conseguiu a reabilitação vencendo a primeira. Já o Timão, que em Itaquera empatou no sufoco por 1 a 1 com o São Caetano, continua sem vencer após a segunda rodada.

“ O Corinthians não evoluiu. Contra o São Caetano jogamos melhor, conseguimos rodar a bola, tivemos mais paciência, criamos oportunidades. Hoje, no modo geral, a gente estacionou ou ficou abaixo do que fizemos contra o São Caetano´´,  afirmou Carille, visivelmente irritado com a apatia diante do Guarani.

Carille também fez questão de minimizar a derrota no duelo tático com o amigo Osmar Loss.

“– Não é duelo, é um adversário como qualquer outro. Respeito ele bastante, o Loss conhece minha forma de trabalho e eu conheço a dele. Foi feliz, o time dele fez a jogada do primeiro gol muito bem feita, onde a gente não acompanhou direito (cobrança de falta no segundo pau, com Diego Cardoso marcando de cabeça), mas não teve duelo, o respeito bastante´´, explicou Carille.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_