BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa América: Cabeça de chave, Brasil faz jogo de estreia na competição continental diante da Bolívia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Antônio Boaventura
Rio de Janeiro, RJ, 24 de julho de 2019

Depois de 30 anos, o Brasil volta a sediar uma edição de Copa América. Com inicio marcado para o dia 14 de junho e seu encerramento em 07 de julho, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) realizou, no Rio de Janeiro (RJ), nesta quinta-feira, 24, o sorteio dos grupos da competição. Cabeça de chave e integrante do grupo A, a Seleção Brasileira faz o jogo inaugural diante da Bolívia, no estádio Cícero Pompeo de Toledo, o Morumbi, em São Paulo (SP).

Participaram da cerimônia atletas campeões daquele torneio como os brasileiros Cafu, Zé Roberto, Marta, eleita por seis vezes a melhor jogadora do mundo, e Zico, além do argentino Javier Zanetti, vice-presidente da Internazionale de Milão (ITA), o uruguaio Diego Lugano, campeão em 2011, o paraguaio Romerito, campeão em 1979, e o colombiano Francisco Maturana.

“Aqui é um sorteio e dentro da capacidade de cada seleção e a qualidade de cada equipe está o segredo do sucesso”, disse o Francisco Maturana, ex-defensor e técnico da seleção da Colômbia. Com o selecionado cafetero, Maturana disputou as Copas do Mundo de 1990, realizada na Itália, e 1994, com sede nos Estados Unidos.

O técnico Tite entende que a Seleção Brasileira precisa em campo justificar seu favoritismo diante de seus adversários para conquistar a classificação e possivelmente o título da competição. Na primeira fase da Copa América, o Brasil irá duelar contra Bolívia, Peru, algoz da edição de 2016, promovida nos Estados Unidos, e Venezuela. O primeiro confronto acontece no dia 14 de junho, no estádio do Morumbi, em São Paulo (SP), contra os bolivianos.

“Temos a consciência de que nós mesmos precisamos jogar bem e ter bom desempenho. Ganhar jogo sem jogar bem é ilusão. O acompanhamento que fizemos e pelos jogos que fizemos nos amistosos a gente teve Argentina, Uruguai e tivemos muito perto de jogar contra a Colômbia e isso vai dando um constante enfretamento entre as seleções. Essa reciclagem acaba acontecendo de uma Copa para outra”, disse Tite.

Confira os grupos:

Grupo A:
Brasil, Bolívia, Peru e Venezuela

Grupo B:
Argentina, Colômbia, Paraguai e Catar

Grupo C:
Uruguai, Equador, Japão e Chile

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_