BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Técnico Vinicius Bergantin entende que o Ituano mostrou evolução no empate com São Caetano

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
SP - PAULISTÌO/SÌO CAETANO X ITUANO - ESPORTES - S‹o Caetano e Ituano, durante partida v‡lida pela 2» rodada do Campeonato Paulista 2019, realizada no est‡dio Anacleto Campanella, em S‹o Caetano do Sul, S‹o Paulo, quinta-feira (24). 24/01/19 - Foto: MIGUEL SCHINCARIOL/ITUANO FC

Da Redação
Itu, SP, 25 de janeiro de 2019

Após estrear no Campeonato Paulista perdendo, em Itu, por 1 a 0 para o Novorizontino, o Ituano foi até a cidade de São Caetano do Sul e arrancou empate sem gols diante do São Caetano, na última quinta-feira (24/1), pela segunda rodada. O ponto conquistado fora de casa fez a cabeça do técnico Vinícius Bergantino, que viu melhora no desempenho da sua equipe.

“Houve boa evolução em todos os aspectos. Conseguimos jogar com mais velocidade e nos impor na partida. Tivemos boa atitude defensiva e o principal é que a gente conseguiu jogar no ataque, mesmo com adversário qualificado. Pena que esta consistência e melhora não confirmou a vitória. Mas fiquei feliz com a melhora da equipe´´, comentou o técnico Vinicius Bergantin.

Após duas rodadas, o Ituano está junto com o Botafogo com um ponto e um ponto atrás do Oeste. O São Paulo lidera com duas vitórias. O próximo compromisso será na segunda-feira (28), contra o vizinho São Bento, na cidade de Itu. E o Galo já terá à disposição o atacante Morato, que jogou alguns minutos diante do São Caetano.

“Estou muito feliz com o retorno. Fazia tempo que eu não jogava. Ainda mais voltar a jogar no Ituano, clube que me valorizou. É felicidade muito grande´´, disse Morato, que deu lindo passe para Bassani cravar a vitória diante do São Caetano. “Caramba! Falei para o Bassani, acerta o pé que nós fazemos os três pontos e garantimos a vitória. Mas faz parte´´, brincou.

Vinicius Bergantin saiu satisfeito com a melhora do time e também com as entradas no segundo tempo de Martinelli, Bassani e Morato. Aos poucos, ele vai colocando o Ituano na maneira que deseja para o Paulista.

“Peço aos jogadores para termos as rédeas do jogo e nos impor mais. Tanto fisicamente como na parte tática. E claro que jogar. Isso passa pelos homens de frente e também pelos homens de meio. Baralhas e Serrato foram bem e ajudaram a termos bom volume de jogo. Iniciando a criação de boas oportunidades de gol´´, explicou o treinador.

Morato, que está retornando de lesão, entende que com o passar de jogos vai conseguir ajudar ainda mais o Ituano.

“Isto tem que ser gradativo. Não adianta achar que vou entrar e resolver, porque não vou. Tem que ser aos poucos. Entrando e aumentando os minutos em campo e daqui a pouco já tenho o ritmo de jogo´´, afirmou Morato.

Para o clássico contra o São Bento, apesar do horário ruim das 17h30, o treinador do Galo de Itu garante que o time seguirá melhorando.

“Sabemos que é a partir do terceiro jogo que as coisas fisicamente acontecem de modo mais automático. Recupera melhor, sente menos o ritmo de jogo. Agora a maioria dos atletas já estava no clube e sabe da importância do clássico. E não podemos nos ater ao último resultado do São Bento (foi goleado, em Sorocaba, por 4 a 0 para o Santos). Pois vi o jogo contra o Botafogo. Eles têm bom elenco, experiente e diferente do ano passado. Mesmo com todo respeito e dificuldades do campeonato, temos que continuar evoluindo para buscar a primeira vitória´´, ressaltou Vinicius Bergantin.

Fonte: assessoria de imprensa do Ituano

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_