BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Em primeiro clássico dos grandes, Santos de Sampaoli derrota São Paulo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

João Rafael Pinheiro
São Paulo, SP, 27 de janeiro de 2019

Em um domingo de tempo nublado e bom para a prática do futebol, o Santos venceu o São Paulo por 2 a 0, no Pacaembu pela 3° rodada do Campeonato Paulista. Com o novo jeito Sampaoli de jogar, o Peixe deu cheque mate no esquema de Jardine.

Em um primeiro tempo morno, São Paulo e Santos chegaram pouco ao gol. As equipes de insistiram na saída em contra ataques. Muito se falou em jogar com os pés ao longo da semana, e foi o que Vanderlei fez muito na primeira etapa. No entanto, com as mãos o goleiro não sofreu sustos. No ataque, o Peixe chegou com Soteldo que quase marcou, em bola enfiada no facão por Pituca, mas Tiago Volpi defendeu.

Ao fim da primeira etapa, Nenê fez falta infantil pelo lado direito do ataque do Peixe. Jean Mota cruzou e Luiz Felipe entre os becks tricolores e o arqueiro, balançou as redes aos 45 minutos da primeira etapa.

Na segunda etapa, Jardine foi o primeiro a mexer. Tirou Helinho, sumido nos primeiros 45 minutos e colocou o 9 Diego Souza. Já Sampaoli promoveu a entrada e estreia de Aguilar no lugar de Jean Mota. E tirou Orinho para colocar Copete. O Peixe insistiu nas jogadas pelas pontas e Soteldo deu trabalho para a zaga Tricolor. Aos 20 minutos, ele deu lugar ao centroavante Felippe Cardoso.

Aos 21 minutos, o modo “DNA Ofensivo” foi ativado. Alison mostrou seus dotes de assistência e lançou para Derlis González, que na corrida com Jucilei ganhou, driblou o indeciso Tiago Volpi e guardou mais um para o Peixe.
Com o placar negativo, Jardine colocou em campo Brenner e Liziero nos lugares de Hudson e o vaiado Nenê, pelos 20.239 torcedores que foram acompanhar o clássico. Como de praxe, o Santos continuou a insistir nos contra ataques. Já o São Paulo não teve êxito nas finalizações.

Ao fim do jogo, o São Paulo ainda tentou fazer a pressão final mas esbarrou no Santos que teve ao lado sua torcida e os gritos de Olé.

O Peixe volta a campo contra o Bragantino, na quinta (31) no Estádio Nabi Abi Chedid em Bragança Paulista. O Peixe é o líder do Grupo A com 9 pontos. Já o Tricolor também joga na quinta, no próprio Pacaembu contra o Guarani às 19 horas. E é o líder do Grupo D, com 6 pontos empatado com o Oeste.

FICHA DE JOGO
Santos x São Paulo
Paulistão 2019
Estádio do Pacaembu (SP)
Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe, Orinho (Copete), Alison, Pituca, Sanchez, Soteldo (Felippe Cardoso), Jean Mota (Aguilar), Derlis.
São Paulo: Tiago Volpi, Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo, Hudson (Brenner), Jucilei, Nenê (Liziero), Helinho (Diego Souza), Pablo, Everton.
Público: 20.239 torcedores
Renda: R$ 630. 964,00

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_