BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Jardine admite frustração com a péssima atuação e mais uma derrota do São Paulo em clássicos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 28 de janeiro de 2019

O futebol organizado, eficiente e ofensivo apresentado pelo São Paulo nas vitórias contra Mirassol e Novorizontino foram deixado de lado pelo São Paulo no jogo mais importante, pelo menos até agora, no Campeonato Paulista. Sem conseguir propor o ritmo de jogo como fez nas rodadas iniciais, o Tricolor foi derrotado pelo Santos por 2 a 0, no domingo (27/1), no Pacaembu, e sofreu o primeiro revés na competição.

“Pode ter certeza que não fico satisfeito de ver minha equipe ser dominada nunca, mas quando enfrentamos equipes que estão um estágio acima vamos ter que jogar no erro também´´, disse o técnico André Jardine, que emendou.

“Em situações de gol, o primeiro tempo foi equilibrado, e acabamos penalizados em um lance de bola parada. A gente lamenta bastante. Sem dúvida que esta derrota decepciona. A gente não gosta de perder jogo nenhum, fica todo mundo extremamente desgostoso, e clássico ainda mais´´, afirmou.

Os gols do clássico foram marcados por Luiz Felipe, no primeiro tempo, e Derlis González, na etapa complementar. Apesar do revés, o São Paulo se manteve na liderança do Grupo D, com seis pontos.

“Vamos encarar todos os clássicos com toda energia e concentração possível, então a frustração fica, sim, de não ter jogado no nível que a gente quer. Mas vamos buscar isso, pode ter certeza que a gente não vai se acomodar´´, concluiu Jardine.

Na próxima quinta-feira (31), em busca da reabilitação, o São Paulo encara o Guarani, no Pacaembu, às 21 horas.

Fonte: assessoria de imprensa do São Paulo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_