BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulista A2: Juventus massacra Portuguesa, entra no G8 e técnico Alex Alves vibra com a façanha

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Futebol Caipira, por Luiz Ademar
São Paulo, SP, 10 de fevereiro de 2019

Foi um massacre! De qualquer ponto de vista que você possa imaginar! Taticamente, fisicamente, emocionalmente! Neste domingo (10/2) pela manhã, na Javari, o Juventus passeou em cima da Portuguesa, no famoso Clássico dos Imigrantes, e aplicou sonora goleada por 4 a 1, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão (Série A2). Adilson (2), Cesinha e Medina marcaram para o Moleque Travesso, com Lucas Bahia descontando para a Lusa.

“Fizemos grande partida. Marcamos bem, não demos espaços para a Portuguesa e conseguimos impor nosso estilo de jogo. Foi uma vitória merecida´´, disse o técnico Alex Alves, do Juventus, que foi atacante, dos bons, e, curiosamente, fez muitos gols com as camisas do Moleque Travesso e da Lusa.

A vitória do Juventus foi conquistada por méritos. Não serve de desculpas para a Portuguesa sequer a expulsão do lateral Hudson ainda no primeiro tempo. O Moleque Travesso foi dono do jogo, marcado sob pressão a saída de bola da Lusa, abrindo o jogo pelos lados do campo com Cesinha e Medina, com o centroavante Adilson centralizado e a defesa jogando adiantada para impedir qualquer contragolpe do adversário.

Em linda jogada ensaiada do Juventus, Adilson abriu o placar logo aos 15 minutos. Em cobrança ensaiada milimetricamente batida no primeiro pau, o camisa 9 do Juventus, que estava marcado por dois jogadores, se antecipou e sozinho testou certeiro, no ângulo oposto do goleiro Rafael Pascoal.

“Essa jogada ensaiamos muito. Trabalhamos muito a bola parada nos treinos diários. Teve o mérito da cobrança do Thiago Potiguar e a inteligência do Adilson, que fez tudo que treinamos e se posicionou no primeiro pau. Não é obra do acaso. É fruto de muito trabalho´´, elogiou Alex Alves.

Enquanto a Lusa dependia apenas de jogadas de bola parada, como em gol impedido de Lucas Bahia, que também mandou uma bola no travessão, o Juventus jogava em velocidade, com toques rápidos e envolventes, que fizeram o lateral Hudson, que já tinha recebido o cartão amarelo, levar drible desconcertante e ser expulso no primeiro tempo.

Na etapa final, em outra jogada de bola parada, em cobrança de escanteio, Lucas Bahia empatou de cabeça logo aos dois minutos. Mas a torcida da Lusa sequer teve tempo de comemorar, pois Adilson fez 2 a 1 para o Juventus aos cinco minutos, em linda jogada individual e finalização precisa.

Depois só deu Juventus! E deu pena da Lusa, que levou um passeio. Medina e Cesinha ampliaram para o Moleque Travesso, que poderia conquistado goleada ainda mais expressiva, tamanho o volume de jogo do Moleque Travesso.

“Fico feliz porque jogamos bem, merecemos vencer e entramos no G8. Foi nossa primeira vitória dentro de casa e o Juventus tem muito a crescer na competição´´, finalizou Alex Alves.

O Juventus agora é o oitavo colocado, com nove pontos, e está na zona de classificação para as quartas de final. A Portuguesa está ameaçada pelo rebaixamento, com apenas quatro pontos, no 14º lugar.

Clique aqui e confira os gols da partida:

Na sequência da sexta rodada da Série A2, em Santos, também domingo pela manhã, o líder Água Santa, de virada, superou a Portuguesa Santista, do artilheiro Rodriguinho, que abriu o placar para a Briosa e chegou ao quarto gol. Porém, Alvinho deixou tudo igual, também chegando ao seu quarto gol, e o artilheiro isolado da Segunda Divisão, Dadá, que fez o seu quinto gol, e decretou a virada do Netuno, de Diadema, que chegou aos 16 pontos.

O lanterna, com apenas dois pontos ganhos em seis rodadas, continua sendo o Sertãozinho, que empatou em casa com o XV de Piracicaba por 1 a 1, no sábado (9) à noite. Maycon marcou para o time da casa, com Danilo Bueno, cobrando falta, deixando tudo igual.

Também está na zona do rebaixamento, na 15ª posição, o Penapolense, com três pontos, após arrancar importante empate sem gols com a Inter, em Limeira.

Bela campanha faz o Rio Claro, agora o vice-líder, após superar o Atibaia, em casa, por 3 a 1, gols de Daniel, Elton e Diego Augusto. Dudu descontou para o Falcão. O Galo Azul tem 13 pontos, três a menos do que o Água Santa.

Quem mostrou competência fora de casa foi o Linense, que foi até a cidade de Taubaté, e, de virada, fez 2 a 1 em cima do Burro da Central, gols de Diego Felipe e Gedeilson. Cesinha havia aberto o placar. O Elefante da Noroeste agora é o terceiro colocado, com os mesmos 11 pontos do XV, o quarto colocado, deixando o Taubaté cair para a quinta posição na tabela de classificação.

O Santo André, com o apoio da sua torcida, segue dentro do G8 após superar o Votuporanguense por 2 a 1, gols de Marquinho e Guilherme Garré. Cristiano diminuiu para o time de Votuporanga.

Além da Portuguesa, outro time que faz campanha vexatória é o São Bernardo, que ainda não venceu. No sábado, na Capital, o Nacional bateu o Tigre do Grande ABC por 1 a 0, gol de Michael. Os dois times estão fora do G8.

Vale lembrar que após as 15 rodadas iniciais, em turno único, os oito primeiros colocados garantem classificação para a segunda fase, em busca de duas vagas de acesso ao Paulistão 2020. E os dois últimos serão rebaixados para a Série A3 (Terceira Divisão).

CLASSIFICAÇÃO

1º Água Santa – 16 pontos
2º Rio Claro – 13 pontos
3º Linense – 11 pontos
XV de Piracicaba – 11
5º Taubaté – 10 pontos
Portuguesa Santista – 10
Santo André – 10
8º Juventus – 9 pontos
9º Inter de Limeira – 8 pontos
10º Nacional – 6 pontos
11º São Bernardo – 4 pontos
Votuporanguense – 4
Atibaia – 4
Portuguesa – 4
15º Penapolense – 3 pontos
16º Sertãozinho – 2 pontos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_