BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Opinião: Silas assume o comando do São Bento, e Sérgio Soares é o novo treinador do São Bernardo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Coluna Futebol Caipira, por Luiz Ademar
São Paulo, SP, 11 de fevereiro de 2019

Não perca a conta amigos torcedores, que são apaixonados pelo futebol e têm carinho especial pelos clubes do interior! A dança dos treinadores segue a mil por hora, apesar de acompanharmos apenas seis rodadas disputadas nas Séries A1 (Paulistão), A2 (Segunda Divisão) e A3 (Terceira Divisão). No Brasil, a maioria, curte apenas o resultado imediato. Se venceu, o clube e o treinador são maiorais. Se perdeu, e mais de uma seguida, claro, a diretoria contratou mal, a equipe é fraca e o grande culpado é o chefe da comissão técnica.

No último final de semana tivemos mais dois exemplos dessa triste realidade no futebol brasileiro. No Paulistão, o primeiro técnico a cair, na semana passada, foi Mazola Júnior, da Ponte Preta, torcedor apaixonado na Macaca, morador em Campinas, e que ficou apenas cinco rodadas, isso mesmo, cinco jogos e perdeu o emprego para a contratação de Jorginho.

E, no domingo (10/2), foi a vez do São Bento demitir o técnico Marquinhos Santos. Sem perder tempo, nesta segunda-feira (11), a diretoria do Azulão de Sorocaba anunciou a contratação de Silas para ocupar a vaga até o final da temporada de 2019.

Curiosamente, Silas iniciou a temporada comandando o Tubarão, de Santa Catarina, que tinha como grande objetivo fazer planejamento adequado para disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, no segundo semestre. Mas bastaram alguns tropeços no Campeonato Catarinense, onde o clube é apenas coadjuvante, para o treinador ser demitido. E dias depois ser contratado pelo São Bento. É o mundo da bola!

Quem também demitiu no último domingo foi o São Bernardo, que iniciou a pré-temporada contratando Alberto Félix, aquele mesmo grande jogador, camisa 10 do Bragantino na década de 90. Ele fez todos os treinamentos, mas sequer iniciou a Segunda Divisão do Campeonato Paulista. Motivo? Foi demitido porque a diretoria do Tigre do Grande ABC fez parceria com o patrocinador do Nacional, da Capital, e trouxe seus jogadores e a sua comissão técnica, capitaneada por Wilson Júnior.

Mas o São Bernardo não conseguiu entrar no G8, passou seis jogos sem vencer, com três empates e três derrotas, e o treinador foi demitido. E, nesta segunda-feira (11), chegou Sérgio Soares, que na temporada passada foi rebaixado com o Santo André e depois durou pouco no Londrina na Série B do Campeonato Brasileiro. E agora tenta dar a volta por cima no São Bernardo, um dos clubes que mais investiu em reforços em 2019.

“Estou de volta e com muita vontade de trabalhar. Fiquei feliz pelo convite da diretoria e aceitei prontamente. Sei da capacidade do grupo e faremos o melhor para que o time conquiste bons resultados´´, afirmou o novo treinador do Tigre do Grande ABC, antes mesmo de chegar ao estádio Primeiro de Maio.

A próxima partida do São Bernardo na Série A2 será nesta quarta-feira (13), às 19h30, contra o Juventus no Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo.

DANÇA DOS TREINADORES NO FUTEBOL PAULISTA

SÉRIE A1 (PAULISTÃO)

1) PONTE PRESTA – saiu Mazola Júnior e chegou Jorginho
2) SÃO BENTO – saiu Marquinhos Santos e chegou Silas

SÉRIE A2 (SEGUNDA DIVISÃO)

1) SERTÃOZINHO – saiu Cléber Gaúcho e chegou José Carlos Serrão
2) NACIONAL – saiu Alan Aal e chegou Jorginho (Cantinflas)
3) PENAPOLENSE – saiu Thiago Oliveira e chegou Edison Só
4) SÃO BERNARDO – saiu Wilson Júnior e chegou Sérgio Soares

SÉRIE A3 (TERCEIRA DIVISÃO)

1) COMERCIAL – saiu Ricardo Costa e chegou Edson Vieira
2) OLÍMPIA – saiu Vitor Mosca e chegou Lucas Del Vechio
3) OLÍMPIA – saiu Lucas Del Vecchio e chegou Bira Arruda
4) EC SÃO BERNARDO – saiu Sandro Sargentim e chegou Galego
5) SÃO CARLOS – saiu Omar Curi e chegou Carlinhos Alves

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_