BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: São Paulo entra em crise, demite Jardine, contrata Cuca, mas quem assume é Vagner Mancini

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Luiz Ademar
São Paulo, SP, 14 de fevereiro de 2019

Olha a bagunça que está o São Paulo! Na verdade, há anos! E passando sucessivos vexames desde 2012, quando conquistou o título da Copa Sul-Americana! De lá para cá, o Tricolor, comandado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, virou piada nacional. Nem os ídolos Raí e Lugano, dirigentes desde o ano passado, escapam da mediocridade.

Após da pior participação na história do São Paulo na Libertadores, quando perdeu do modesto Talleres-ARG, em Córdoba, por 2 a 0, e na última quarta-feira (13/2) empatou sem gols no Morumbi, sendo eliminado antes mesmo de chegar na fase de grupos, o clube virou um caos. Pior! Está vivendo situações inimagináveis. Hilárias e nada profissionais!

Como de costume, claro, sobrou para o treinador. André Jardine deixou o cargo após a eliminação na Libertadores. Saiu, mas não saiu! Como? De acordo com Raí, Jardine vai ganhar um período de férias para descansar. Depois voltará ao clube e assumirá outra função, que ninguém ainda sabe qual é. Ou seja, foi demitido! Mas não foi!

O treinador escolhido para substituir André Jardine já foi escolhido: Cuca. Porém, ele se recupera de cirurgia cardíaca e, de acordo com os seus médicos, ainda não pode voltar a trabalhar. O que isso significa? O São Paulo contratou um treinador, mas nos próximos meses ele não comandará a equipe. Veio, mas não chegou. E nem chegará tão certo.

O São Paulo demitiu, mas não demitiu! Contratou, mas não contratou! Entendeu? Não! Nem eu! E juro que isso não é conversa de louco!

Se você leu o texto até aqui vai achar que quem está escrevendo é um desmiolado. No popular, quase um lelé da cuca! Demitiu, mas não demitiu. Contratou, anunciou e não chegou. Nem chegará tão cedo! Calma! Claro que não sou louco. Os ensandecidos estão no comando do futebol do São Paulo. Do presidente aos ídolos que comandam o departamento de futebol. O clube está de pernas para o ar! Crise, bagunça, caos, falta de profissionalismo. Escolhe o termo que quiser. Até zona!

Como bagunça pouca é bobagem nos últimos anos no São Paulo, o treinador interino será Vagner Mancini. Aquele mesmo que ao chegar ao clube disse, em alto e bom som, que a hipótese de assumir o Tricolor estava totalmente descartada. Ele havia deixado de ser técnico para assumir cargo executivo e dar suporte ao trabalho de Jardine. Chegou, não conseguiu êxito em sua nova empreitada, e agora também deixará sua palavra de lado para comandar a equipe. Olha outra loucura aí!

A estreia de Cuca ninguém sabe quando acontecerá. O início de trabalho também não está previsto. O que a torcida do São Paulo sabe, em meio a tanta bagunça e nenhum profissionalismo, é que Vagner Mancini será o treinador do Tricolor no clássico contra o Corinthians, neste domingo (17/2), às 17 horas, em Itaquera, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Raí, que bancou a demissão do uruguaio Diego Aguirre e apostou na efetivação de André Jardine, não se abalou com os erros. E como dizem todos os boleiros ao justificar as suas mancadas, faz parte do futebol! Ele se fez de desentendido para seguir comandando o futebol do São Paulo e falou em novos rumos.

“Conversamos bastante sobre os nomes para substituir o Jardine e foi unânime que Cuca é o melhor. Ele vai ser o novo treinador do São Paulo, mas está com problema médico, que deve se resolver num período breve, alguns meses. Por isso, não poderá assumir agora. Cuca sugeriu o coordenador técnico Mancini para assumir a equipe nesse período, acatamos e depois ele voltará a ser coordenador de futebol´´, afirmou Raí.

Leco, esbanjando humildade, fato raro, admitiu que errou na aposta de Jardine. Mas agora, como de costume, tem certeza que acertou na contratação de Cuca. E garante que tudo vai dar certo e o São Paulo vai entrar no rumo.

“O Cuca estabeleceu o prazo de 15 de abril para se efetivar, perto da final do Paulista. Por indicação dele, Mancini será o responsável pela condução técnica do São Paulo. O Cuca será visto aqui nesses próximos dias por todos nós. Hoje temos humildade de reconhecer que não deu certo a escolha do Jardine. Responsabilidade de assumir, rever e restabelecer a condição do São Paulo é minha´´, disse Leco.

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_