BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Libertadores: Pelo Grupo G, Athletico-PR sucumbe na Colômbia e perde em sua estreia para o Tolima

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Ibagué, COL, 5 de março de 2019

O Athletico decepcionou em sua estreia a Libertadores de 2019 nesta terça-feira (5/3). Mesmo treinando praticamente dois meses, atuado no Campeonato Paranaense com reservas e garotos das categorias de base, o Furacão perdeu para o Tolima (COL) por 1 a 0, no Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, na Colômbia. O único gol da partida foi marcado por Banguero, aos 29 minutos do primeiro tempo.

O Furacão entrou em campo no esquema 4-1-4-1. A formatação tática foi testada pelo técnico Tiago Nunes durante a pré-temporada. Ele mandou a campo Santos; Madson, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho; Nikão, Tomás Andrade, Bruno Guimarães e Rony; Marco Ruben.

O detalhe é que perdeu Madson, machucado no início do primeiro tempo, e improvisou o zagueiro Zé Ivaldo. Na etapa final, Marcelo e Braian Romero entraram nas vagas de Camacho e Nikão.

Agora o Athletico fará três jogos consecutivos dentro de casa. O primeiro deles na próxima quinta-feira (14), às 21 horas, na Arena da Baixada, diante do Jorge Wilstermann, da Bolívia, que estreou nesta quarta-feira, em casa, empatando sem gols com o Boca Juniors (ARG).

“Colocar na conta do ritmo de jogo não é justo. Faz falta disputar mais jogos, mas poderíamos ter tido maior rendimento por situações nossas mesmo. Começamos a ter dificuldades depois de início equilibrado em enfrentamentos individuais. Na bola parada, o Tolima conseguiu vantagem e venceu´´, disse o técnico Tiago Nunes.

O treinador também descartou que as ausências de Jonathan e Lucho tenham sido fundamentais para a derrota.

“Não passou pela ausência deles a derrota. Infelizmente, aconteceu a lesão do Madson muito cedo. Lesão muscular, que não esperávamos. Optei pelo Zé Ivaldo´´, que já tinha jogado nesta posição em alguns momentos, inclusive na Libertadores (em 2017)´´, justificou o comandante Rubro Negro.

O JOGO

Mesmo fora de casa, o Furacão começou no ataque. Logo aos dois minutos, Nikão recebeu no meio e lançou para a ultrapassagem de Renan Lodi. O lateral cruzou na área, mas o goleiro conseguiu afastar.

Aos 11 minutos, o técnico Tiago Nunes teve que fazer a primeira alteração no Athletico. Madson roubou a bola no campo de defesa, mas sentiu o músculo e precisou deixar o campo. O zagueiro José Ivaldo entrou na equipe.

Aos 17 minutos, Léo Pereira lançou para Rony, que ganhou em velocidade e tocou para o meio da área. Marco Ruben finalizou de primeira e a bola passou com muito perigo, à direita do goleiro Montero.

O time da casa respondeu dois minutos depois. Luis González recebeu dentro da pequena área e finalizou. A bola bateu em Santos e foi para a linha de fundo.

E o Tolima abriu o placar aos 29 minutos. Após cobrança da direita, a bola foi desviada de cabeça e Santos fez a defesa parcial. No rebote, Banguero completou para a rede.

O Rubro-Negro ainda chegou com perigo em jogadas de velocidade, principalmente com o atacante Rony, mas não conseguiu marcar na primeira etapa.

Assim como foi no início do jogo, o Furacão voltou para o segundo tempo no ataque e quase marcou aos dois minutos. Rony cruzou rasteiro e o goleiro cortou com o pé. Mas a bola bateu no zagueiro e acertou a trave.

Renan Lodi chegou bem aos 11 minutos. O lateral avançou pela esquerda e bateu cruzado. O goleiro colocou para escanteio. O time da casa explorou as jogadas pelo alto e chegou duas vezes com perigo ao ataque athleticano.

O Furacão teve dois gols anulados. Aos 20 minutos, Tomás Andrade recebeu na direita, cruzou rasteiro na área e Thiago Heleno completou para o gol. Mas foi marcado impedimento do meia argentino. Cinco minutos depois, Marcelo marcou, mas também em posição irregular.

O Athletico seguiu pressionando e quase marcou com Nikão, em chute forte de fora da área, que ficou nas mãos do goleiro colombiano. Aos 44 minutos, Rony bateu forte e exigiu nova defesa de Alvaro Monteiro.

Fonte: assessoria de imprensa do Athletico

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_