BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Palmeiras joga mal e, mesmo com um a mais no segundo tempo, empata com o Mirassol

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O jogador Edu Dracena, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Zé Roberto, do Mirassol FC, durante partida valida pela décima rodada, do Campeonato Paulista, Série A1, no Estádio José Maria de Campos Maia.

Da Redação
Mirassol, SP, 9 de março de 2019

O Palmeiras jogou muito mal neste sábado (9/3), fora de casa, e ficou no empate por 1 a 1 com o Mirassol, que perdeu o atacante Rodolfo, expulso no início do segundo tempo, e mesmo assim conseguiu parar o milionário elenco alviverde. Gustavo Gómez, de pênalti, marcou o gol do Verdão, enquanto Carlão deixou tudo igual para o Leão da Araraquarense.

Com o importante ponto somado fora de casa na 10ª e antepenúltima rodada do Paulistão, o Palmeiras segue líder do grupo B, com 19 pontos. Guarani, com 14 pontos, é o segundo, mas pode perder a vice-liderança para o Novorizontino, que tem 13, e enfrenta em Novo Horizonte o desesperado São Caetano na segunda-feira (11). O lanterna São Bento, com quatro, luta contra o rebaixamento e pega a Ponte Preta, neste domingo (10), em Sorocaba.

Já o Mirassol, com apenas nove pontos, ocupa a quarta colocação do Grupo C, com nove pontos. E viverá dilema nas duas últimas rodadas. Tanto briga pela classificação às quartas de final, se vencer os dois jogos, como pode ser rebaixado se perdê-los.

Com jogo válido pela Libertadores na próxima terça-feira (12), contra o Melgar, do Peru, no Allianz Parque, o técnico Luiz Felipe Scolari decidiu poupar alguns jogadores da viagem para Mirassol. Com isso, o time ganhou características bem diferentes. Os atletas poupados foram: o goleiro Weverton, o zagueiro Antônio Carlos, os laterais Victor Luis e Marcos Rocha, os meio-campistas Bruno Henrique, Felipe Melo e Gustavo Scarpa e os atacantes Dudu e Ricardo Goulart.

Com Weverton poupado, o rodízio de goleiros voltou a funcionar. Desta vez, no gol, foi Fernando Prass quem foi escalado. As outras novidades no time ficaram por conta de Zé Rafael como titular, além da entrada de Jean no segundo tempo – foi a estreia do camisa 17 nesta temporada. Destaca-se também a volta de Edu Dracena na zaga, como capitão do time.

“Dominamos a partida no segundo tempo, mas tomamos um gol bobo, quando o adversário estava com um jogador a menos. Depois ficou difícil entrar na defesa do Mirassol, que teve o mérito de marcar bem. Precisamos melhor muito para a próxima partida´´, admitiu Lucas Lima.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_