BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Brasil 2019: Eduardo Villegas afirma que Bolívia precisa melhorar poder ofensivo para conquistar classificação

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O técnico boliviano Eduardo Villegas (direita) espera por evolução do ataque da seleção da Bolívia na sequência da Copa América - Crédito: Luiza Sá

O técnico boliviano Eduardo Villegas (direita) espera por evolução do ataque da seleção da Bolívia na sequência da Copa América – Crédito: Luiza Sá

Da Redação
São Paulo, SP, 14 de junho de 2019

Em sua estreia nesta edição da Copa América, que está sendo realizada no Brasil, a Bolívia encarou os anfitriões e deixou o estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, em São Paulo (SP), nesta sexta-feira (14) com uma derrota por 3 a 0 para a Seleção Brasileira – gols de Philippe Coutinho, em duas oportunidades, e Éverton. Já o técnico boliviano Eduardo Villegas ressalta a necessidade da Bolívia evoluir em seu setor ofensivo para que possa conquistar melhores resultados na competição.

“Se queremos classificar, precisamos atacar um pouco mais. Nossa chegada tem sido pouca. O Brasil também não permite. São quase perfeitos, neutralizando nossas ações. Mas nem todos jogam como Brasil. No segundo tempo, começamos bem, com as melhores chances de fazer o gol, mas não fomos felizes nas jogadas”, disse Eduardo Villegas, técnico da Bolívia.

Villegas entende que o lance do pênalti e a conversão dele em gol abalou emocionalmente a seleção da Bolívia, que segundo ele, estava apresentando um bom futebol em relação aos primeiros 45 minutos de partida. O mesmo também aponta as substituições realizadas como mecanismo de melhoria no futebol daquela seleção no decorrer do jogo. A Bolívia tenta sua reabilitação na Copa América nesta terça-feira (18) diante da seleção do Peru.

“A Bolívia tentou equilibrar, ter a posse de bola, chegar à área do rival. Estivemos sempre atentos. No segundo tempo tivemos uma jogada desafortunada com o pênalti. Aí a equipe desmorona e o Brasil se solta. As mudanças geram uma dinâmica maior e termina como terminou”, concluiu.

Depois da derrota por 3 a 0 para a Seleção Brasileira nesta sexta-feira (14), no estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, em São Paulo (SP), a seleção da Bolívia busca sua primeira vitória nesta edição da Copa América na próxima terça-feira (18), ás 18h30, no estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), diante da seleção do Peru. A partida é válida pela 2ª rodada do grupo A da competição internacional de seleções. Classificam-se os dois primeiros colocados de cada chave e os dois melhores terceiros colocados.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_