BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Brasil 2019: No 400º jogo da carreira, Casemiro marca primeiro gol pela Seleção Brasileira diante do Peru

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Atleta do Real Madrid (ESP), Casemiro marcou diante do Peru seu primeiro gol com a camisa da Seleção Brasileira - Crédito: Lucas Figueiredo

Atleta do Real Madrid (ESP), Casemiro marcou diante do Peru seu primeiro gol com a camisa da Seleção Brasileira – Crédito: Lucas Figueiredo

Da Redação
São Paulo, SP, 22 de junho de 2019

O sábado foi de muitas alegrias para os brasileiros. Em especial para Casemiro, que viveu uma tarde de emoções em dose dupla. O volante brasileiro chegou ao seu 400º jogo na carreira e, após 39 partidas vestindo a Amarelinha, marcou seu primeiro gol com a camisa da Seleção Brasileira. A goleada por 5 a 0 sobre a seleção do Peru garantiu a liderança do grupo da Copa América e também a classificação para a fase quartas de final.

Invicto há mais de sete anos na Seleção, Casemiro chegou ao seu 400º jogo na carreira na tarde deste sábado e recebeu um presente especial. Após cobrança de escanteio de Philippe Coutinho, Thiago Silva desviou e Casemiro cabeceou na trave. A bola bate em Marquinhos quase em cima da linha e volta para o próprio camisa 5 completar para o fundo das redes.

Um pouco antes da comemoração, um contraste diferente de uma tarde de festas. Após falta dura em Farfán, aos 8 minutos do primeiro tempo, Casemiro recebeu cartão amarelo e ficou fora do duelos de Quartas de Final da Copa América. “Estou muito feliz de ter marcado gol, de ter tido a oportunidade de abrir o placar, contribuir com a vitória e com o trabalho de toda a equipe. Estão todos de parabéns”, ressaltou o volante brasileiro.

“Triste pelo cartão amarelo, mas infelizmente quando joga com o Real Madrid, pela Seleção, você joga com a defesa alta e está muito exposto a isso. Parar contra-ataques, fazer faltas táticas, infelizmente estou fora do próximo jogo, mas vou estar com o coração dentro e a disposição da maneira que pode”, declarou.

No último confronto contra a Venezuela, Éverton entrou em campo no segundo tempo de jogo e surpreendeu com a melhor chance da Seleção, que terminou com gol de Firmino, que foi anulado pelo árbitro de vídeo. Após a partida, que terminou em 0 a 0, o jogador lamentou as chances não aproveitadas, mas prometeu concentração para evoluir. Dito e feito. As oportunidades viraram gols e a escolha de Tite não decepcionou.

“No momento que eu fiquei sabendo que eu ia jogar, já estava preparado, me preparei mais ainda para entrar concentrado e poder ajudar independente se fosse gol, assistência, o importante era competir. Acho que fizemos uma partida excelente, criando e fazendo as chances virarem gols de verdade”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_