BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa Verde: Em desvantagem, Souza confia na classificação do Gênus sobre o Costa Rica

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Confiante, o atacante Souza acredita na classificação do Gênus diante do Costa Rica - Crédito: Divulgação

Confiante, o atacante Souza acredita na classificação do Gênus diante do Costa Rica – Crédito: Divulgação

Da Redação
Costa Rica, MS, 25 de julho de 2019

Nem mesmo o fato da obrigação de vencer o Costa Rica por três gols de diferença para avançar à fase oitavas de final da Copa Verde foi capaz de tirar a confiança do atacante Souza, que acredita na classificação do Gênus para enfrentar o Sinop na próxima etapa da competição nacional. O artilheiro da equipe de Rondônia valorizou a atuação do time na derrota por 2 a 0 – gols de Senna e Kanu -, para o selecionado sul-mato-grossense.

“Em Porto Velho acredito que vai ser diferente, vamos virar esse placar, até porque temos time para isso. Agora é descansar e voltar a treinar e na quinta-feira, fazer um bom jogo e mudar essa situação. Eles têm um bom time e isso não tira o mérito deles. O toque de bola incrível, muito bom o time deles. Mas o nosso time tem qualidade”, declarou o atacante Souza após a derrota para o Costa Rica.

Ele também atribuiu o resultado à atuação do árbitro capixaba José Wellington Bandeira, que segundo o atacante, interferiu diretamente na construção do resultado à favor do Costa Rica. Mas, o artilheiro entende que o Gênus, mesmo atuando longe de seus domínios, foi superior ao adversário, e acredita que poderia ter levado um melhor resultado para a cidade de Porto Velho (RO).

“Se o juiz tivessem marcado tudo a nosso favor, teríamos no mínimo saído do campo com um empate. Conseguimos manter o placar até o primeiro tempo. Teve um pênalti em cima de mim, mas o juiz não deu. Ele alegou que, como eu finalizei, não daria o pênalti. Tivemos várias chances. Outra em um cruzamento o Vagner Leonardeli ganhou do zagueiro dele e passou para mim e eu finalizei com o gol, mas o juiz falou que era falta do Vagner”, concluiu.

Com a derrota no primeiro confronto por 2 a 0 – gols de Senna e Kanu -, o Gênus precisa reverter a vantagem obtida pelo Costa Rica no primeiro duelo da 1ª fase da Copa Verde. O confronto de volta está marcado para acontecer na próxima quinta-feira (1º de agosto), ás 21h, no estádio Aluízio Ferreira de Oliveira, em Porto Velho (RO). Quem avançar neste embate encara o Sinop na fase oitavas de final da competição nacional.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_