BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Especial: Gandula em partida no Morumbi, paratleta guarulhense espera por expansão desta iniciativa

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Paola Klokler
Paola Klokler

Antônio Boaventura
São Paulo, SP, 21 de outubro de 2019

Ela não é natural da cidade, mas adotou Guarulhos como sua verdadeira casa. Medalha de Bronze no Panamericano de Lima, no Peru, neste ano, Paola Klokler defende a Seleção Brasileira de Basquete sobre cadeiras de rodas há quase 11 anos e teve a oportunidade de participar da partida entre São Paulo e Avaí, válida pelo Campeonato Brasileiro, como gandula. A paratleta espera que esta iniciativa possa ter vida longa.

Esta ação foi realizada pela MRV, que patrocina alguns clubes de futebol, com a proposta de promover a inclusão de pessoas com mobilidade reduzida. Além de Paola, a empresa escolheu outras nove pessoas nestas condições para que pudessem atuar como gandulas naquele jogo. Atualmente, Paola Klokler defende as cores do HC Ypiranga (equipe mista), que tem sua sede na Capital e do paraense All Star Rodas (equipe feminina).

“Foi muito legal e algo que ninguém imaginava. E deu super certo. Mostrou que realmente é possível um deficiente atuar em qualquer área que ele deseje! E, principalmente, mostrou a todos que estamos aqui pra isso. Super tranquilo e uma equipe toda envolvida. A recepção das arquibancadas foi top demais. E lógico o recado foi dada de maneira alegre e descontraída”, descreveu a paratleta Paola Klokler.

Ela também acredita que a conscientização dos demais em relação ao espaço que as pessoas portadoras de algum tipo de deficiência física está crescendo no País. Paola ressalta que as promessas políticas e sociais precisam se tornar realidade, e que dessa maneira a vida de muitas pessoas seria facilitada.

“A tendência é sempre melhorar e não adianta o Brasil fazer política em prol da pessoa com mobilidade reduzida e eu não poder andar na calçada pela quantidade de buracos e desníveis. Se metade do que é discutido, hoje, já fosse colocada em prática nossa vida seria bem mais simples”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_