BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Seleção Brasileira: Em derrota para a Argentina, Thiago Silva reclama de proteção e idolatria dos árbitros à Messi

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Tite observa a disputa de bola de Lucas Paquetá com um jogador argentino na derrota Brasileira por 1 a 0, gol de Messi - Crédito: Lucas Figueiredo

Da Redação
Riade, KSA, 15 de novembro de 2019

Tite observa a disputa de bola de Lucas Paquetá com um jogador argentino na derrota Brasileira por 1 a 0, gol de Messi – Crédito: Lucas Figueiredo

Nesta sexta-feira (15), a Seleção Brasileira, sob o comando do técnico Tite, chegou a marca de cinco jogos sem vitória. O escrete Canarinho foi superado pelo placar de 1 a 0 por ninguém mais ninguém menos que a Argentina, seu maior rival. Lionel Messi foi o autor do gol. Já o experiente zagueiro Thiago Silva, que atualmente defende as cores do Paris San German (FRA), reclamou da proteção e idolatria dos árbitros ao argentino, que foi eleito pela FIFA nesta temporada o melhor jogador do mundo.

“Ele procura meio que forçar o árbitro a dar situações para ele de falta ou lances perigosos, tem tido esse tipo de reação. Isso não é desculpa nem nada. A gente estava conversando com alguns jogadores que atuam na Espanha. Ele procura comandar o jogo, isso é difícil, pois o árbitro tem que apitar as coisas que são. Deu bicão na bola, é falta de respeito isso, cartão amarelo. No segundo, expulsão”, justificou o zagueiro Thiago Silva.

Mais comedido, o técnico Tite entende que este é o momento para que possa reavaliar a montagem da equipe titular, em virtude das boas apresentações, segundo ele, de atletas como Renan Lodi, ex-Athletico (PR) e atual Atletico de Madrid (ESP), e Fabinho, que joga no Liverpool (ENG). No entanto, o comandante da Seleção Brasileira, ainda, não revelou quais serão as mudanças a serem realizadas.

“Aqueles jogadores que entraram bem, vamos tentar ajustar. Fabinho entrou bem, Lodi entrou bem. Você começa a ter versatilidade. Não estou falando que eles vão jogar. Quando trouxemos dois meias consolidados, deixando o Firmino na frente, ele (o sistema) trouxe um up”, comentou Tite.

O próximo confronto da Seleção Brasileira no Oriente Médio está previsto para acontecer nesta terça-feira (19), ás 10h30 [Horário de Brasília (DF)], no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes. Sem vencer há cinco partidas, Tite ressalta a necessidade do escrete Canarinho conquistar a vitória sobre os sul-coreanos, além de destacar a pressão em função dos últimos resultados obtidos.

“Há necessidade do resultado, sim. Há momentos de pressão e esse é um. A forma que vamos buscar é com discernimento, de maneira criteriosa, mas a necessidade do resultado se dá, sim. Mesmo num momento de preparação”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_