BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Brasileirão: Dudu encerra 2019 na condição de palmeirense com mais jogos, gols e assistências

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 08 de dezembro de 2019

Dudu disputa bola com o lateral-esquerdo Dodô, durante partida válida pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A – Crédito: Cesar Greco

Com o gol diante do Cruzeiro na partida deste domingo (08) – o segundo da vitória por 2 a 0, pela 38ª do Brasileirão –, Dudu chegou a 13 gols na temporada e igualou Gustavo Scarpa na ponta da lista dos artilheiros do elenco em 2019. Além desse recorde, o camisa 7 ostenta uma série de outros dados positivos: é o principal garçom do Verdão no ano (18 assistências), quem mais partidas fez (65) e mais minutos jogou em 2019 (5747).

Desde que chegou ao Verdão em 2015, esta é a segunda vez que o Baixinho encerra o ano como recordista em jogos (em 2018 atuou 68 vezes, assim como Willian Bigode e Bruno Henrique). No ano da chegada de Dudu no Verdão, foi o goleiro Fernando Prass quem mais jogou na temporada (68 partidas); em 2016, o zagueiro Vitor Hugo (59); e em 2017, o volante Tchê Tchê (55).

Já levando em consideração as assistências, Dudu sempre foi o número um ao fim de cada um dos anos em que atuou desde a sua chegada: em 2015 foram 13 passes a gol, em 2016 foram 12, em 2017 obteve novamente 12 assistências, em 2018 foram 19 e, agora, em 2019, chegou a 18 passes a gol. Portanto, Dudu serviu seus companheiros para balançar as redes em 74 oportunidades.

Observando apenas os jogos válidos pelo Brasileirão 2019, Dudu segue absoluto dentre os jogadores palestrinos: foi o maior artilheiro do time (9 gols, ao lado de Bruno Henrique), maior garçom (11 passes a gol), quem mais jogou (36 partidas de 38 possíveis) e 4263 minutos em campo (sem levar em conta eventuais acréscimos). O gol de Dudu nesta tarde contra a Raposa foi o seu 68º no clube, número que o coloca, de forma isolada, na 32ª posição dentre os maiores artilheiros palmeirenses em todos os tempos (agora ele ultrapassou Rivaldo, com quem antes dividia a 32ª posição).

Neste ranking, o próximo alvo de Dudu é o ponta-esquerda Nei, com 70 gols nos anos 70. O líder neste quesito é Heitor Marcelino Domingues, com 317 gols, entre 1916 e 1931. Levando em conta apenas o Século XXI, Dudu tem 68 gols pelo clube, sendo o maior artilheiro palmeirense do século XXI, com 14 a mais do que o segundo colocado, Vágner Love (que o camisa 7 havia ultrapassado na temporada passada), com 54.

O encontro com a equipe mineira também representou a 293ª partida do craque com a camisa esmeraldina. Isso faz de Dudu o jogador de linha que mais entrou em campo pelo Palmeiras no século XXI – com 293 jogos, no geral, está atrás apenas do goleiro Marcos, com 392 desde 2001; portanto, sem levar em conta a posição de goleiros, Dudu é o número 1 no século. No geral da história do clube, ele é o 34º (considerando qualquer posição). O líder dessa lista é Ademir da Guia, com 902 jogos.

Além disso, o duelo deste domingo (08) também marcou a 168ª vitória do jogador pelo clube: um privilégio para poucos, já que ele ocupa o segundo posto dentre os jogadores que mais venceram no século XXI, somente atrás do goleiro Marcos, com 182 triunfos (portanto, levando em conta jogadores de linha, Dudu já é o número 1 no quesito). Já se for considerar a lista dos que mais venceram pelo clube em todos os tempos, Dudu, com suas 168 vitórias, ocupa a 31ª posição, isolado. Este ranking é liderado por Ademir da Guia, com incríveis 514 triunfos entre os anos 60 e 70.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_