BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Arábia Saudita: Mesmo a distância, zagueiro Alemão lamenta queda do futebol catarinense

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Capitão do Al-Hazem (KSA), Alemão lamentou as quedas de Chapecoense e Avaí para a Série B do Campeonato Brasileiro - Crédito: Divulgação

Da Redação
Ar-Rass, KSA, 09 de dezembro de 2019

Capitão do Al-Hazem (KSA), Alemão lamentou as quedas de Chapecoense e Avaí para a Série B do Campeonato Brasileiro – Crédito: Divulgação

Referência no Avaí como zagueiro e lateral-direito, Alemão também traz em seu currículo o acesso para a Série A com a Chapecoense, equipes que foram nesta temporada rebaixadas no Campeonato Brasileiro, que teve sua última rodada no domingo (08). Apesar de gaúcho, o jogador criou um laço grande com o futebol de Santa Catarina e mesmo na Arábia Saudita acompanhou toda competição nacional em 2019, como ‘torcedor’. Os resultados em campo fizeram o atleta lamentar o atual momento das equipes.

“Todos sabem meu carinho e respeito pelos clubes por onde passei. Foi em Santa Catarina que de fato apareci na carreira, conquistei acessos e me tornei admirador do Estado num todo. Infelizmente em 2020 não teremos nenhuma equipe na Série A. Claro que fiquei triste com as quedas do Avaí e da Chapecoense, dois Clubes que tenho uma admiração grande. Torço para que logo eles possam retornar para a elite e isso não abale internamente”, disse o zagueiro Alemão.

O defensor, que atualmente defende a camisa do Al-Hazem (KSA), lamentou o resultado negativo das equipes catarinenses na elite do futebol brasileiro. “Mesmo aqui na Arábia Saudita, apesar do fuso horário, consegui acompanhar a maioria dos jogos do Brasileirão, então lamento mesmo isso que ocorreu. Até aproveitando, porque há boas notícias, saúdo o Brusque pelo acesso para a Série C e o título da Copinha”, lamentou.

Em sua segunda temporada no Oriente Médio, Alemão conquistou espaço e demonstra satisfação pelo que vem ocorrendo na trajetória pelo Oriente Médio. Além de ser um dos líderes em campo, o jogador tem bons números na Liga Saudita, sendo considerado até o momento, pelo site oficial da competição, o 9° melhor jogador 2019/2020. “Graças a Deus me adaptei muito bem aqui, desde a temporada anterior já dizia isso e fico feliz com o que vem acontecendo. Sou o primeiro capitão estrangeiro da história do Al-Hazem (KSA)”, explicou.

“Este ano estamos com uma campanha melhor no campeonato, isso valoriza a todos, lógico. Fico bastante satisfeito com os números, essas análises, mas não posso também só olhar para isso. Importante é o coletivo estar bem para que a gente possa o quanto antes atingir os pontos necessários para os objetivos do Clube na Liga”, finalizou.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_