BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

4ª Divisão: Caio Soler é o novo presidente do Flamengo (SP) nos próximos três anos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Caio Soler assume a presidência do Flamengo (SP) pelos próximos três anos - Crédito: Cláudio Herrera

Caio Soler assume a presidência do Flamengo (SP) pelos próximos três anos – Crédito: Cláudio Herrera

Antônio Boaventura
Guarulhos, SP, 23 de janeiro de 2020

Candidato único no pleito eleitoral, Caio Soler foi eleito para assumir a presidência do Flamengo (SP) pelos próximos três anos. Ele sucede no cargo ao advogado Edson David Filho, que estava no comando do Rubro-Negro guarulhense desde maio de 2017. Já o empresário Flávio Carvalho assume a vice-presidência do clube. O primeiro desafio da dupla frente ao Corvo será a disputa do Campeonato Paulista da 4ª Divisão, que deve começar entre os meses de abril e maio.

No clube há quase seis anos, Caio Augusto Soler foi o diretor da categoria Sub-20 e responsável por grandes conquistas da categoria nos últimos anos, como a Copa Ouro e os Jogos Regionais 2019, medalha de bronze nos Jogos Abertos do Interior e boas campanhas nas últimas edições do Campeonato Paulista da 4ª Divisão e Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Para os próximos anos, Soler espera contar com maior apoio dos empresários do município e também do poder público para que tenha a possibilidade de elevar o patamar do clube em cenário estadual com a possível e inédita chegada à elite do futebol paulista. O Corvo esteve próximo deste objetivo nos anos de 2004 e 2008.

“A presidência do Flamengo de Guarulhos é uma conquista que me deixa muito honrado. Sou guarulhense e sempre acompanhei o Flamengo e sei que, com competência e trabalho sério, podemos realizar o sonho de todos os nossos torcedores: colocar o Corvo e o nosso querido município na primeira divisão do futebol paulista”, disse Caio Soler, irmão de Carlos Soler, ex-secretário de Governo da gestão do prefeito Guti (PSB).

Ele também ressaltou que a agremiação não está preocupada somente com a prática esportiva, mas também na formação e na inserção social destes atletas na sociedade. O mesmo aponta que as categorias de base do Rubro-Negro guarulhense – Sub-11, Sub-13, Sub-15, Sub-17 e Sub-20 -, contam com aproximadamente 250 jogadores.

“Temos mais de 250 atletas nas categorias de base do clube o que por certo não se trata somente de investimento no futebol, mais sim da questão de saúde e desenvolvimento desses adolescentes. o Flamengo não faz somente futebol, mas sim cuida da cidadania e desenvolvimento desses atletas”, explicou.

Já o ex-presidente Edson David Filho acredita que a quebra do vínculo administrativo com sua família pode possibilitar progresso do clube. “Aqueles que deixavam de investir ou acreditar no desempenho da Associação devido a algum sobrenome passem a apoiar e investir no principal time da cidade. Justificativas para não-apoio ou investimentos ou mais não existiram”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_