BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Carioca: Após derrota para o Bangu, Milton Raphael espera por reação e regularidade da Portuguesa (RJ)

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O goleiro Milton Raphael acredita na recuperação da Portuguesa (RJ) na sequência do Campeonato Carioca - Crédito: Divulgação

O goleiro Milton Raphael acredita na recuperação da Portuguesa (RJ) na sequência do Campeonato Carioca – Crédito: Divulgação

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 28 de fevereiro de 2020

Diferente da campanha realizada na 1ª fase do Campeonato Carioca, quando terminou na liderança daquela etapa e, dessa forma, garantiu a classificação para a 2ª fase do estadual fluminense, a Portuguesa (RJ) não conseguiu repetir o desempenho na Taça Guanabara, 1º turno do Carioca, e muito menos na estreia da Taça Rio, 2º turno. O goleiro Milton Raphael espera que a Lusa Carioca possa reagir e voltar a ter a regularidade construída na fase inicial.

A campanha da Portuguesa (RJ), até o momento, no Campeonato Carioca é composta por 5 vitórias, 2 empates, 5 derrotas, 17 gols marcados e outros 15 sofridos em 12 partidas realizadas. O aproveitamento da equipe na competição estadual é de 47%. “Acredito que a regularidade vem através de vitórias, precisamos voltar a vencer e se Deus quiser isso já vai acontecer na próxima rodada. [Acredito] que é possível [repetir a campanha da Seletiva]. Vamos em busca do melhor”, disse o goleiro Milton Raphael.

Entretanto, o time da Ilha do Governador, região administrativa da zona norte do Rio de Janeiro (RJ), conheceu nesta sexta-feira (28) diante do Bangu sua 5ª derrota no Campeonato Carioca. A partida realizada no estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho, conhecido como Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ), terminou com o placar de 1 a 0 – gol de Felipe Dias -, para os donos da casa. Na rodada seguinte, a Lusa encara a Cabofriense, lanterna do grupo A da Taça Rio sem nenhum ponto conquistado.

Já o arqueiro da Portuguesa (RJ) entende que faltou sorte para o time naquele confronto e que não merecia ter deixado Moça Bonita com a derrota. Ele também ressalta que os detalhes foram fundamentais para a construção do resultado, além de destacar o empenho da equipe diante do Bangu. “[Faltou] um pouco de sorte. Lutamos muito, demos o máximo, mas faltou algum detalhe para sermos mais felizes na partida”, concluiu.

Na 5ª colocação do grupo A da Taça Rio, 2º turno do Campeonato Carioca, com nenhum ponto conquistado em 01 jogo realizado, a Portuguesa (RJ) encara neste sábado (07), ás 16h, no estádio Alair Corrêa, conhecido como Correão, em Cabo Frio (RJ), a Cabofriense, 6ª colocada com nenhum ponto ganho, pela 2ª rodada da competição estadual. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga na fase semifinal, enquanto os dois últimos são rebaixados à 2ª Divisão da competição estadual.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_