BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Covid-19: Enderson Moreira deixa o Ceará para comandar o Cruzeiro no restante desta temporada

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Enderson Moreira é o novo técnico do Cruzeiro para a sequência da temporada - Crédito: Divulgação

Enderson Moreira é o novo técnico do Cruzeiro para a sequência da temporada – Crédito: Divulgação

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 19 de março de 2020

O Cruzeiro tem comandante novo. A Raposa acertou nesta quarta-feira (18) a contratação de Enderson Moreira, 48 anos, para o cargo de técnico do time cinco estrelas. Também chegam à Toca da Raposa 2 o auxiliar técnico Luís Fernando Flores, o preparador físico Edy Carlos e o preparador de goleiros Aílton Serafim. Ele acumula passagens em diversas agremiações pelo Brasil, tendo o Ceará como a última equipe que dirigiu. O técnico soma em seu currículo dois títulos do Campeonato Brasileiro Série B.

O novo técnico relembrou a sua passagem pela base cruzeirense e falou sobre como será o trabalho nesta temporada. “Satisfação enorme de voltar ao clube que me deu a oportunidade de mudar de patamar. Estou voltando para um lugar em que tenho muito carinho e respeito. Sei que é um momento complicado para o Clube, mas acredito que eu posso contribuir para que a equipe possa dar uma resposta positiva dentro de campo. Nosso objetivo é ter um time bem organizado e que sabe o que quer”, declarou.

“Tenho uma grande expectativa de que vamos conseguir devolver o Cruzeiro à elite do futebol brasileiro. Sei que muitas pessoas corretas estão ajudando o Clube neste momento. Gostaria de aproveitar e agradecer aos gestores, que estão acreditando em meu trabalho. Tudo isso será determinante para que possamos contribuir com a reconstrução”, explicou.

A chegada de Enderson Moreira ao clube mineiro reeditará uma parceria de muito sucesso entre o treinador e Ricardo Drubscky, o novo Diretor de Futebol da Raposa. Os dois trabalharam juntos no Clube celeste na campanha que culminou no título estrelado na Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 2007. Outra união da dupla que rendeu muitos frutos e destacou a sinergia dos profissionais, foi na conquista do Campeonato Brasileiro Série B pelo América (MG), no ano de 2017.

“Será um prazer reencontrar com o Ricardo, que é um grande mestre no futebol e uma referência que tenho em meu trabalho. Sempre tivemos uma sintonia muito boa no modo de pensar o jogo. Nos últimos anos tivemos uma parceria vitoriosa e espero que a gente consiga desenvolver um grande trabalho juntos e fazer com que o torcedor se veja representado dentro de campo”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_