BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Covid-19: Em situação delicada no Paulistão, João Paulo espera por reação da Ponte Preta

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O volante João Paulo destacou a campanha da Ponte Preta na Copa do Brasil e a irregularidade no Paulistão - Crédito: Álvaro Júnior

O volante João Paulo destacou a campanha da Ponte Preta na Copa do Brasil e a irregularidade no Paulistão – Crédito: Álvaro Júnior

Da Redação
Campinas, SP, 10 de abril de 2020

Reflexões e avaliações. A pausa forçada nos jogos e campeonatos tem servido para o meia João Paulo refletir. Além, é claro, de aproveitar a companhia da família em casa, o jogador da Ponte Preta faz um balanço sobre o início da temporada. A equipe está classificada para a 4ª fase da Copa do Brasil, mas atravessa um mau momento na disputa do Campeonato Paulista da Série A1.

Destaque do Avaí no ano passado, João Paulo chegou confiante e com boas expectativas para 2020. Individualmente, o desempenho é positivo, dos 13 jogos oficiais da equipe no ano, o meia só não atuou em um, por conta de suspensão. Além disso, soma um gol e quatro assistências com a camisa da Macaca.

“Acredito muito no nosso grupo. Temos qualidade e força para evoluir. Infelizmente nem sempre tudo acontece da forma que a gente deseja. Fazendo uma avaliação até aqui, estamos em uma boa situação na Copa do Brasil e no Paulistão precisamos melhorar, ficamos devendo em algumas partidas. Estou bastante motivado para voltar a jogar e poder ajudar o clube, não vejo a hora”, analisou o atleta.

Enquanto tudo segue parado por conta da pandemia do novo Coronavírus, João Paulo se divide em curtir a família e manter a forma física. Com 7 pontos conquistados em 10 jogos realizados, a Macaca campineira ocupa a lanterna do Campeonato Paulista da Série A1. Para evitar o rebaixamento, o time da cidade de Campinas (SP) precisa vencer os dois jogos que restam nesta primeira fase e torcer por tropeços de pelo menos dois adversários.

“Agora tivemos esse período de férias. É um momento totalmente diferente e nos resta ficar em casa cuidando da família. Infelizmente ainda não sabemos quando tudo vai voltar ao normal. Mas enquanto isso, tenho trabalhado de casa mesmo para manter a forma física. O importante é não ficar totalmente parado”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_