BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Estados Unidos: Com a camisa do Dallas (USA), Thiago Santos revela ansiedade em retornar aos gramados

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Thiago Santos, ex-volante do Palmeiras, espera retornar ao futebol paulista - Crédito: Divulgação

Thiago Santos, ex-volante do Palmeiras, espera retornar ao futebol paulista – Crédito: Divulgação

Da Redação
Dallas, USA, 11 de maio de 2020

Integrante da Major League Soccer, 1ª divisão do Campeonato Norte-Americano, o Dallas (USA) suspendeu suas atividades no dia 13 de março em virtude da pandemia provocada pelo Covid-19. Desde, então, Thiago Santos, ex-volante do Palmeiras, está em quarentena e vem realizando exercícios físicos em casa sob orientação dos preparadores físicos do seu clube atual. O mesmo também revelou estar ansioso em retornar aos gramados.

“Eu não deixo de treinar e tento sempre manter minha rotina. Em casa não é fácil e ficamos limitados, mas estou tentando fazer o melhor que posso nas condições que tenho. É muito diferente do que estávamos acostumados, com acompanhamento de profissionais, treinos com bola, mas tentei me adaptar”, explicou o ex-palmeirense Thiago Santos.

Com a volta de alguns times da MLS aos treinamentos, o Dallas (USA) se programa para retomar os treinamentos a partir da próxima semana, o que deixou o volante brasileiro mais confiante. “A gente que está acostumado com uma rotina intensa de treinos e jogos, estranhou muito toda essa mudança. Mas, no momento atual o mais importante era preservar a saúde de todos. Confesso que estou animado para retornar aos treinos no gramado e, se Deus quiser, em breve, aos jogos da Liga, e claro que com todas as precauções que forem necessárias”, declara.

A MLS estuda um possível retorno no mês de junho. O Campeonato Norte-Americano foi paralisado após a realização da segunda rodada, que aconteceu no dia 8 de março. Diante deste cenário, Santos estipulou suas metas pessoais e com a camisa do Dallas (USA). Contudo, ele revelou que pretende retornar ao Brasil, porém, não revelou quando isso pode acontecer.

“Não vejo a hora de voltar a jogar. Com toda essa paralisação acabei fazendo apenas 2 partidas. Estava praticamente em fase de adaptação. No momento, eu penso em fazer um excelente campeonato pelo Dallas (USA). Tenho como um desejo pessoal poder voltar a jogar em algum time no Brasil, mas esse não é meu foco agora, eu tenho que focar no Dallas”, finalizou.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_