BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paranaense: Walter retorna ao Athletico (PR) depois de 4 anos e espera por retomada da carreira

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Próximo de encerrar o período de punição por dopping, o atacante Walter é o novo reforço do Athletico (PR) - Crédito: Lucas Gandhy

Próximo de encerrar o período de punição por dopping, o atacante Walter é o novo reforço do Athletico (PR) – Crédito: Lucas Gandhy

Da Redação
Curitiba, PR, 16 de maio de 2020

Suspenso por dopping em 2018 quando estava no CSA pelo uso de substância irregular para emagrecer, o atacante Walter, 30 anos, é o mais novo reforço do Athletico (PR) para a sequência desta temporada. Com retorno aos gramados apenas a partir do dia 05 de julho deste ano, ele festejou a oportunidade cedida pelo Rubro-Negro paranaense e espera retomar sua carreira. Em sua primeira passagem pelo Furacão, que se deu entre os anos de 2015 e 2016, ele disputou 73 partidas e marcou 16 gols.

“A praticamente dois anos recebi a notícia que ficaria longe do gramados, e por isso pensei em desistir. Foram dois anos de muitas lutas e dificuldades, mas também de muito aprendizado. Mas, meu Deus é perfeito em tudo e olha onde estou hoje. Obrigado meu Deus por esse recomeço. Gratidão a esse gigante clube que é o Athletico (PR) que reabriu as portas pra mim. Vou dar o meu melhor e vou ser campeão juntos com vocês”, declarou o atacante Walter.

O atacante também revelou estar surpreso com o convite realizado por Mário Petraglia para retornar ao clube paranaense. Diante desta possibilidade, o ex-atleta do Porto (POR) e Internacional (RS) afirmou que está motivado e acredita na conquista de novos títulos do Rubro-Negro paranaense neste ano. Em 2018, o Athletico (PR) conquistou o inédito título da Copa do Brasil e no ano seguinte da Copa Sul-Americana, além do bicampeonato paranaense de 2018 e 2019 e da Copa Suruga de 2019.

“Eu agradeço a Deus e ao presidente [Mário] Petraglia, por poder viver tudo isso novamente. Tive uma conversa muito sincera com ele e depois fiquei quatro dias sem dormir, não acreditava que ele estava me dando essa chance. Foi uma emoção muito grande e a ficha começou a cair agora. Estou com muita gana de dar a volta por cima, vestir essa camisa e ser campeão de novo aqui. Está sendo muito especial”, explicou.

No Rubro-Negro paranaense, Walter disputou 73 jogos e fez 16 gols. Depois, atuou por Goiás, Atlético (GO), Paysandu e CSA. “É um recomeço para mim. Como se fosse na primeira vez, que saí do Coque sem nada, em busca de dar algo para a minha mãe. É a mesma coisa, tenho algo a buscar. Estou muito feliz e focado, pensando apenas em chegar e trabalhar. Alegria de saber que todo mundo quer me ajudar”, destacou.

Precisando recuperar o ritmo de jogo, a rotina dos treinamentos e baixar o peso, o jogador demonstrou otimismo. “Eu já estava treinando em casa e agora o foco aumentou. O Paulo André me ligou, disse que toda a equipe do Athletico (PR) está comigo e só depende de mim. Por isso que eu falo que é uma chance muito grande e agradeço demais pelo fato de o Clube ter aberto as portas nesse momento difícil. Só tenho que agradecer também o carinho que essa torcida tem por mim e está demonstrando nesses últimos dias. Terão sempre meu respeito”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_