BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Dudu afirma que Palmeiras possui condições técnicas de encarar o Flamengo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O atacante Dudu comemora o 2º gol do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, pelo Brasileirão de 2019 - Crédito: Cesar Greco

O atacante Dudu comemora o 2º gol do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão, pelo Brasileirão de 2019 – Crédito: Cesar Greco

Antônio Boaventura
São Paulo, SP, 16 de maio de 2020

Em virtude do futebol apresentado e as recentes conquistas como os títulos do Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores no ano anterior, o Flamengo ganhou o status de principal equipe do País e da América do Sul. Diante deste quadro, o atacante Dudu entende que o Palmeiras possui condições técnicas de desbancar o Rubro-Negro carioca nesta temporada e levantar as taças das competições que está disputando. Ele também elogiou a postura da direção do Verdão pela manutenção do emprego de seus funcionários durante esta pandemia provocada pelo Covid-19.

“O Palmeiras bate de frente com o Flamengo e qualquer time brasileiro. Vai muito do dia, do momento de cada um. Temos que trabalhar sabendo que esse ano o time deles vai estar mais competitivo, mas vamos trabalhar como sempre foi pra conquistar o título”, declarou o atacante Dudu sobre as condições do Palmeiras enfrentar e superar o time de Gávea, que neste ano se sagrou campeão da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana, além do título da Taça Guanabara, 1º turno do Campeonato Carioca.

O camisa 7 do Palmeiras também revelou o acordo realizado entre os atletas e a direção do Alviverde de Parque Antártica para que o clube pudesse manter os empregos dos demais funcionários neste período de pandemia. O atacante também destacou que mantém contato com os demais empregados em busca de informações sobre o estado em que se encontram com a proliferação do Covid-19, além de demonstrar certo anseio pelo retorno às atividades.

”A diretoria chamou a gente e perguntou se a gente aceitava diminuir o salário. A gente falou que aceitava, mas não queríamos ninguém fosse mandado embora. Como vai mandar embora um funcionário que ganha R$ 2 mil por mês? Onde ele vai arranjar um emprego durante esse período? Ficamos muito felizes que a diretoria cumpriu a sua palavra. A gente sabe como eles amam o clube. Eu falo com alguns, eles me relatam como estão com saudade da rotina”, disse o atacante palmeirense.

Com a camisa palmeirense, Dudu marcou 70 gols e ultrapassou a marca de 300 jogos realizados. Contratado como reforço para temporada de 2015, ele conquistou no clube os títulos da Copa do Brasil do mesmo ano e do Campeonato Brasileiro de 2016 e 2018, além de conquistar, de forma individual, a Bola de Prata nos anos de 2016, 2017, 2018 e 2019 e a eleição de melhor atleta do Brasileirão de 2018.

O artilheiro do Verdão também defendeu a estratégia de jogo utilizada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo em seu retorno ao clube. Segundo ele, a cobrança por um meia armador na equipe surge sempre que o Palmeiras não vence seus compromissos e que esta deficiência pode ser suprida com alternativas dentro do próprio elenco. “Quando o Palmeiras perde ou empata as pessoas sempre querem achar um culpado. Sempre voltam naquela cobrança da falta de camisa 10. Mas já ganhamos muitos jogos comigo jogando no meio”, encerrou.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_