BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paulistão: Camilo deixa o Mirassol e acerta com a Ponte Preta até o final desta temporada

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Com passagens por Botafogo (RJ), Internacional (RS) e Chapecoense, o meia Camilo reforça o meio-campo da Ponte Preta - Crédito: Divulgação

Com passagens por Botafogo (RJ), Internacional (RS) e Chapecoense, o meia Camilo reforça o meio-campo da Ponte Preta – Crédito: Divulgação

Da Redação
Campinas, SP, 18 de maio de 2020

Ex-Botafogo (RJ), Internacional (RS) e Chapecoense, o experiente meia Camilo, 34 anos, que estava disputando o Campeonato Paulista da Série A1 com a camisa do Mirassol, é o mais novo reforço da Ponte Preta para a sequência da temporada. Em sua chegada à Macaca, o atleta revelou que espera obter grandes resultados dentro da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro da Série B. Sem apresentação oficial, ele realiza suas atividades, com orientação virtual, em sua residência no Rio de Janeiro (RJ).

“Sou um cara muito dedicado ao trabalho e procura sempre fazer o máximo para desempenhar o melhor futebol. Minha expectativa é de fazer um grande ano com a Ponte quando retornarem as competições, ajudar meus companheiros com a minha experiência para juntos sermos uma equipe forte”, disse o meia Camilo.

O atleta revelou os motivos pelo qual optou em vestir a tradicional camisa pontepretana. “Sei que a torcida da Ponte [Preta] é apaixonada, é um novo desafio, e podem contar comigo porque sempre vou procurar fazer o melhor para o clube. Tive ótimas informações sobre o time vindas de diversas pessoas, o (Executivo de Futebol) Gustavo Bueno e o presidente Sebastião Arcanjo me passaram toda confiança, assim como outros colegas que estão jogando no clube”, explicou o meia Camilo.

Sobre o período atual vivido pelo Brasil e diversos países do mundo, Camilo busca manter o otimismo. “Tenho me mantido ativo nesta pandemia, faço meus trabalhos em casa e, quando é preciso, fora com todos os cuidados exigidos e responsabilidade. Não é um momento fácil, mas estamos na torcida para que logo esteja tudo normalizado e possamos voltar a fazer tudo o que gostam. Agora estou no Rio com minha família e tendo todos os cuidados, mas logo, logo tudo vai passar”, finalizou.

Na 4ª colocação do grupo A do Campeonato Paulista da Série A1 com apenas 7 pontos conquistados em 10 jogos realizados, a Ponte Preta aguarda o retorno da competição, que está paralisada por conta da pandemia provocada pelo Covid-19, para cumprir seus últimos dois compromissos na competição estadual contra o Grêmio Novorizontino e o Mirassol. A Macaca tem pouco mais de 23% de aproveitamento dos pontos disputados.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_