BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Alagoano: Jaciobá busca adequar estádio Elisão para mando de jogos no Brasileiro da Série D

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Jacyobá corre contra o tempo para viabilizar o estádio Elisão, em Pão de Açúcar (AL), para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D - Crédito: Fagno Pinto

Jaciobá corre contra o tempo para viabilizar o estádio Elisão, em Pão de Açúcar (AL), para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D – Crédito: Fagno Pinto

Isaac Simões
Pão de Açúcar, AL, 26 de maio de 2020

O Jaciobá segue atento às movimentações de um possível retorno do futebol brasileiro no segundo semestre. Um dos representantes do estado de Alagoas na Série D do Brasileirão, o clube sertanejo tem buscado fazer adequações no Estádio Elísio da Silva Maia, o Elisão, em Pão de Açúcar (AL), para deixá-lo apto a receber partidas da competição nacional, que ficou sem data para início devido à pandemia da Covid-19.

Um dos fatores que impedia o Azulão de mandar seus jogos em casa era a falta de uma saída de emergência no estádio. No entanto, o clube anunciou recentemente que graças ao auxílio de R$ 120 mil enviado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em abril, foi possível adquirir um terreno ao lado do Elisão, o que possibilitou iniciar as obras para resolver o problema e cumprir a determinação dos órgãos de segurança.

Devido aos problemas com o estádio, o Jaciobá sofreu com viagens e precisou mandar seus jogos pelo Campeonato Alagoano longe de Pão de Açúcar (AL), atuando nos estádios Edson Matias, em Olho d’Água das Flores (AL), Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios (AL) e Gerson Amaral, em Coruripe (AL). O resultado veio em campo e apesar de ainda permanecer vivo no Alagoano, até a parada da competição, os sertanejos se encontravam na lanterna com apenas dois pontos ganhos.

Na temporada anterior, o Azulão também não pôde atuar no Elisão, mas apesar de jogar distante de seu torcedor, o clube do Sertão alagoano foi um dos destaques do Estadual, encerrando a competição em um honroso 4ª lugar, em seu primeiro ano, após voltar à elite do futebol de Alagoas, duas décadas depois.
S

em atividades desde a paralisação do Estadual em março, o Jaciobá dispensou todo o seu elenco e comissão técnica e aguarda as definições sobre a bola voltar a rolar ou não no país, para traçar os planos dentro de campo. Fora das quatro linhas, o clube tem buscado se organizar, e afirma ter quitado todas as pendências com os profissionais, antes da parada.

De acordo com o vice-presidente do conselho deliberativo do clube, Giusepe Gomes, além do terreno adquirido, o JAC também pretende construir novos vestiários e ampliar a arquibancada do estádio visando a 4ª Divisão, em que o clube participará pela primeira vez em sua história. As verbas, tanto para as obras, quanto para gastos no Brasileiro, também seriam utilizadas através do auxílio dado pelo CBF, em abril.

O Jaciobá está no Grupo 4 da Série D, ao lado de Coruripe (outro alagoano), Vitória da Conquista (BA), ABC (RN), Potiguar (RN), Central (PE), Freipaulistano (SE) e Itabaiana (SE). Na estreia, o Azulão enfrenta o Central de Caruaru, em Pão de Açúcar (AL).

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_