BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Covid-19: Botafogo (RJ) e Fluminense querem impugnação do arbitral da Federação Carioca

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Enquanto o Vasco defende o retorno das atividades em meio á pandemia, o Fluminense é contrário e pede cautela nesta decisão - Crédito: Lucas Merçon

Enquanto o Vasco defende o retorno das atividades em meio á pandemia, o Fluminense é contrário e pede cautela nesta decisão – Crédito: Lucas Merçon

Da Redação com Agência Brasil
Rio de Janeiro, RJ, 26 de maio de 2020

A bola segue dividida entre os grandes clubes cariocas. Seguindo diversos protocolos de segurança para evitar o novo Coronavírus (Covid-19), Vasco e Flamengo defendem a volta do futebol. Do outro lado, Botafogo (RJ) e Fluminense se mantêm contrários e pedem agora o cancelamento do arbitral da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), que tinha o aval da Prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) para voltar aos treinos na próxima terça-feira (26), além de prevê o reinício do campeonato estadual em 14 de junho.

Em coletiva na última segunda-feira (25), o prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Marcello Crivella (Republicanos) explicou que o retorno da competição vai depender da curva de casos da doença no próximo mês. “Nós propusemos jogos em julho sem torcida, mas os clubes pediram para verificar a curva em meados de junho. Se será na segunda quinzena de junho a volta do Carioca, ainda não podemos prometer”, explicou Crivella.

Alvinegros e tricolores não estiveram presentes na reunião da Ferj com a Prefeitura e agora pedem o cancelamento das decisões tomadas pelo Arbitral. O documento, assinado pelos presidentes Nelson Mufarrej e Mário Bittencourt (Botafogo (RJ) e Fluminense), traz 30 itens e considera precoce o retorno do futebol, indicando como desnecessário colocar em risco a saúde de atletas, funcionários e familiares deles neste momento.

Uma saída apontada pelo arbitral seria realizar jogos em locais menos afetados pela pandemia. Segundo o boletim divulgado na noite desta segunda pela Secretaria Estadual de Saúde, o Rio tem 39.298 casos e covid-19 e 4105 óbitos. Deste número, 22.466 casos se concentram na capital, que registra 2.831 mortes.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_