BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Catarinense: Isaque Pereira assume comando técnico do Atlético Tubarão (SC) para a sequência da temporada

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O técnico Isaque Pereira substitui Pingo no comando técnico do Atlético Tubarão (SC) na sequência da temporada - Crédito: Leonardo Hübbe

O técnico Isaque Pereira substitui Pingo no comando técnico do Atlético Tubarão (SC) na sequência da temporada – Crédito: Leonardo Hübbe

Da Redação
Tubarão, SC, 07 de junho de 2020

Isaque Pereira será o técnico do Tubarão para a sequência da temporada, quando as competições recomeçarem. O técnico comandava a equipe Sub-20 desde a metade de 2019. A comissão nova também contará com Cristiano Garcez, que exercia a função de analista de desempenho, como auxiliar, e com Samir Chedid, promovido junto com Isaque, como preparador físico, além das permanências de Samuel Vettorazzi, treinador de goleiros, e Renan Nunes, fisiologista.

Abel Ribeiro segue como o gerente de futebol. Moisés Germano assume a coordenação do Departamento de Formação. Alysson da Silveira passa a comandar a categoria Sub-20, enquanto Juliano Alves a Sub-17. A valorização de profissionais da casa é uma das diretrizes do clube. Até o duelo contra a Chapecoense, que terminou com a vitória da Chape por 3 a 1, o Peixe catarinense era comandado pelo técnico Pingo.

“Gostaria de agradecer a confiança do Clube Atlético Tubarão (SC) no meu trabalho, tanto na categoria Sub-20 como agora na equipe principal. É uma grande satisfação trabalhar com um grupo de atletas jovens com grande potencial. Os muitos desafios pela frente serão superados com o trabalho em conjunto entre diretoria, colaboradores, comissão, e apoio do nosso torcedor”, destacou o técnico Isaque Pereira.

Isaque chegou ao Peixe para assumir o time Sub-20 na disputa para a Copa Sul Sub-19, conquistando a melhor campanha da primeira fase com três vitórias e um empate, alcançando resultados expressivos como a vitória sobre o Athletico (PR), em Curitiba. O comandante já possuiu duas experiências comandando uma equipe profissional. Em 2017, assumiu o Metropolitano na Série D com um elenco também jovem, com média de idade de 22,3 anos, obtendo a vaga para a segunda fase, eliminando Ituano e PSTC.

“Nesta oportunidade, o Metropolitano também montou um grupo formado em sua maioria por atletas oriundos da base do clube. Conseguimos a classificação para os mata-mata em um grupo forte contra Ituano, São José e PSTC. Acredito muito no trabalho com jovens e que hoje é o caminho a se seguir, principalmente em clubes que tem uma competente formação. Precisamos passar confiança, pois tenho a certeza que a resposta virá dentro do campo”, concluiu.

Na temporada passada, Isaque assumiu novamente o Metropolitano no segundo turno do Catarinense, conquistando três das quatro vitórias do time na competição. Com a proibição dos treinamentos presencias em Tubarão e a indefinição sobre uma data para o retorno das competições, o elenco do Peixe está trabalhando em casa sob a orientação da nova comissão técnica. O Atlético Tubarão (SC) disputa com o Concórdia a permanência na elite do Campeonato Catarinense.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_