BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A3: Ex-Palmeiras, Caio César elogia estrutura e qualidade técnica do Desportivo Brasil

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
O meia Caio César revelou que pode defender algum clube da Série B ou da Série C na sequência desta temporada - Crédito: Divulgação

O meia Caio César revelou que pode defender algum clube da Série B ou da Série C na sequência desta temporada – Crédito: Divulgação

Da Redação
Porto Feliz, SP, 11 de junho de 2020

Depois de uma longa temporada longe do futebol brasileiro, o meia Caio César, ex-Palmeiras e Eintracht Frankfurt (ALE), tenta recuperar seu espaço no Brasil com a camisa do Desportivo Brasil, que disputa o Campeonato Paulista da Série A3. Nesta retomada, o meia elogiou a qualidade técnica do elenco da equipe da cidade de Porto Feliz (SP) e a estrutura que possui aquela agremiação do interior do estado de São Paulo.

“O bom momento em que estávamos vivendo é pelo elenco que tínhamos e também pela estrutura que o clube [Desportivo Brasil] nos oferecia. Isso nos ajudou e muito dentro de campo e outro fator que posso mencionar é o técnico Élio Sizenando que nos dava muita confiança para poder desempenhar nosso papel dentro de campo”, declarou o meia Caio César, de 34 anos.

Com seu contrato encerrado no final do mês de abril, Caio revelou que ainda não teve conversas com a direção do DB para uma possível renovação de contrato. “Em relação ao meu contrato com a equipe do Desportivo Brasil, o mesmo já se encerrou, por conta da pandemia ainda não houve contato por parte do clube. Tenho recebido sondagens de equipes que irão disputar o Brasileirão das Séries B e C, mas como tudo é incerto no momento, estou mantendo a forma física e aguardar”, explicou.

Em sua carreira, Caio César defendeu as camisas do Guarani, Grêmio Barueri, Internacional (RS), Palmeiras, Eintracht Frankfurt (ALE), Bahia, Atlético (GO), Grasshoppers (SWI), Maccabi Raifa (ISR) e Hapoel Tel Aviv (ISR) antes de chegar ao Desportivo Brasil. No terceiro nível do futebol paulista, que está paralisado desde meados de março por conta do avanço da pandemia provocada pelo Covid-19, ele marcou 4 gols em 11 partidas disputadas.

“Tive vários momentos bons na minha carreira, mas o que marcou foi à passagem pelo Palmeiras, tinha acabado de chegar no clube com apenas, 20 anos, era uma equipe que tinha grandes jogadores, para minha alegria terminei como artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro”, finalizou.

Na 8ª colocação do Campeonato Paulista da Série A3 com 14 pontos conquistados em 11 jogos realizados, o Desportivo Brasil tem como próximo adversário, em data e horário a serem ainda definidos, o E.C. São Bernardo, 2º colocado com 20 pontos, no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP). Os oito primeiros colocados garantem vaga na fase quartas de final, enquanto os dois últimos são rebaixados à 4ª Divisão da competição estadual.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_